O que vem por aí - Jazz em Cena: público lotou o CCBNB sábado e se emocionou com o Tributo a Chico Pinheiro. Próximo show é sábado, 3/3, com Anna Canário cantando Sarah Vaughan


O público lotou o Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB) nesta noite de sábado, 24/2, e se emocionou com o show "Tributo a Chico Pinheiro", que reuniu o guitarrista Hermano Faltz, os cantores Marcus Caffé, Pedro Frota e Rebeca Câmara e outros grandes instrumentistas cearenses. O violonista, guitarrista, compositor, arranjador e cantor Chico Pinheiro, um dos nomes que vêm redefinindo a música brasileira e espalhando pelo mundo a notícia de uma nova e virtuosa geração, participou do show com uma saudação ao público, falando por telefone desde Nova Iorque, onde mora, e agradecendo pela homenagem. 

O casamento perfeito entre as linguagens e os recursos do jazz e da música brasileira, característica da obra de Chico Pinheiro, foi destacado pelo porHermano Faltz e pelos mestres Tito Freitas (piano), Luis Hermano Bezerra(contrabaixo) e André Benedecti (bateria).

Além deles, que abriram o espetáculo com uma bela versão instrumental para o clássico "Café com pão", de João Donato, música gravada por Chico Pinheiro, o público aplaudiu muito as interpretações de Rebeca Câmara, Pedro Frota e Marcus Caffé para as canções de Chico Pinheiro e de parceiros como Guile Wisnik, Aldir Blanc, Chico César, Paulo Neves e Paulo César Pinheiro.

Rebeca Câmara foi a primeira a subir ao palco, interpretando a desafiadora "Ao vento", a lírica "Passagem" e a polirrítimica "Na beira do rio", sendo muito aplaudida ao cantar e tocar ao violão os acordes complexos das músicas de Chico. O público percebeu cedo as nuances, matizes, experimentações e personalidade das canções.

O cantor e compositor Pedro Frota foi também bastante aplaudido na interpretação da hipnótica "Tempestade", com direito a solo de bateria de André Benedecti, e nas enternecedoras, belíssimas "Essa canção" e "Desde o primeiro dia", chamando atenção pela voz de timbre macio e de muitos recursos e educação. Pedro também brilhou ao violão com o samba-jazz "Boca de siri", suingadíssimo com o piano de Tito Freitas, a guitarra de Hermano Faltz e o contrabaixo de Luis Hermano Bezerra.

Hora e vez então de o grande cantor cearense Marcus Caffé interpretar, em duo com o piano de Tito Freitas, a tocante "Jardim de arroz", que mostra a musicalidade de Chico Pinheiro trafegando pelo universo de um magistral choro-canção. Emoção incontida e muitos aplausos. Em seguida o bloco de canções mais suingadas do show: dos breques de "Aquela" ao samba-rock contagiante de "Se depender de mim" e "Popó", em performances impressionantes de Marcus, com muita presença cênica e recursos variados, mostrando por que é um de nossos mais reconhecidos intérpretes.

Mais sobre Chico Pinheiro

"Chico Pinheiro é um grande músico do Brasil e do mundo, uma referência pra mim como guitarrista de jazz e como compositor, autor de músicas belíssimas e de arranjos maravilhosos. Nessa homenagem destacamos as canções do Chico, com grandes cantores do Ceará e também muito espaço para a improvisação, tanto da guitarra quanto dos demais instrumentos", destaca Hermano Faltz.

"É uma honra ter contado com o apoio e a cumplicidade do próprio Chico Pinheiro, que de Nova York nos enviou partituras e vem acompanhando cada passo da preparação do show. É uma alegria poder contar com esse respaldo dele, na preparação de um show que para nós foi de tanta responsabilidade, dada a complexidade, o desafio de interpretar a obra dele", acrescenta Hermano.

"Ao mesmo tempo, é uma felicidade ter essa oportunidade em Fortaleza. Queremos convidar o público a se fazer presente em grande número, porque são realmente canções belíssimas, maravilhosas, e foi uma grande chance de apreciar essa obra tão bonita, unida ao talento dos nossos instrumentistas e cantores", complementa o guitarrista cearense.

Próximo show é sábado, 3/3, Tributo a Sarah Vaughan

O próximo show do Jazz em Cena, no CCBNB, acontece já no sábado, 3/3, com a cantora Anna Canário fazendo um especialíssimo Tributo a Sarah Vaughan. Paulista radicada no Ceará, onde vem construindo uma carreira marcada por muitos aplausos à sua elegância, técnica e sensibilidade, Anna Canário canções imortalizadas por uma das maiores vozes do jazz em todos os tempos. 

Sarah Vaughan (1924-1990) atravessou o breve século XX como uma de suas marcas registradas, com seu timbre grave, com sua desenvoltura no fraseado do bebop, com a extrema qualidade de seu repertório, que também passeou pela música brasileira, gravando com Tom Jobim, Milton Nascimento, Dorival Caymmi, Wilson Simonal, entre outros grandes nomes. 

Certeza de um grande show, especialmente para o público do Jazz em Cena, no mês em que as mulheres ganham ainda mais destaque na programação do CCBNB. Dividindo com Anna Canário a direção musical do show está seu companheiro de música e de vida, o renomado pianista cearense Edson Távora Filho. Garantia de um tributo à altura de Mrs. Vaughan.

Mais sobre o Jazz em Cena

Entre os objetivos do projeto "Jazz em Cena" estão contribuir para atender a grande demanda de público por mais shows de jazz em Fortaleza, apresentar a novos ouvintes a obra de grandes mestres da música, ressaltar o talento, a criatividade e o virtuosismo dos instrumentistas cearenses, de grande produção autoral, mas também capazes de recriar, a seu modo, trabalhos musicais históricas por sua beleza e sua importância.

O novo projeto se soma a outros que vêm sendo mantidos na capital cearense, como o Ceará Jazz Series, realizado desde 2015 no Teatro Dragão do Mar, o Tributo a 2000), o Jeri Choro Jazz(desde 2009), os festivais instrumentais do Centro Cultural Banco do Nordeste e os shows promovidos em diversas casas noturnas, bares, restaurantes, teatros, centros culturais e espaços alternativos, formando uma rede crescente de opções para o público amante do jazz, com produções se ampliando ao longo de todo o ano. 

O Centro Cultural Banco do Nordeste fica na Rua Conde D´Eu, 560, Centro de Fortaleza. Todos os shows do Jazz em Cena têm entrada franca.

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.