Empreender Global: empresários cearenses apostam em capacitação de pessoas que almejam ter negócio próprio


Sabe aquela renda a mais no fim do mês e que pode até se tornar fixa? Isso ficou mais fácil para quem almeja ter um negócio próprio. Afinal, uma empresa inédita no Ceará, a Empreender Global, aposta na capacitação de pessoas para criação de ativos que geram renda passiva, ajudando, assim, os brasileiros a não dependerem somente de um salário ou aposentadoria. Com sede em Fortaleza, já atua em todo território nacional e com a expectativa de abrir o mercado na América do Sul até 2019.

Fundada pelos jovens empresários: Leonardo Araújo, ex-gerente de mercado automobilístico; a psicóloga Rafaela Galvão, o formando médico Hygor Guerreiro; e o engenheiro de hardware, Victor Bessa, a empresa atua com consultorias, planejamento e formação de líderes em marketing de relacionamento e consumo. Já são mais de 3 mil associados pelo Brasil.

A Empreender Global enxergou um fenômeno de tendência mundial, o marketing de rede, e apostou nesse nicho, no qual a pessoa tem possibilidade de se tornar sócia de uma determinada marca e ganhar uma participação nos lucros obtidos por ele e por sua rede de consumidores. “A Empreender Global surgiu com o objetivo de assessorar todas as pessoas que possuem o interesse em construir a tão buscada ‘renda residual’ e apostamos na tendência e força econômica do mercado de marketing de expansão e fidelização”, afirmou Leonardo Araújo.

Segundo ele, o objetivo é “formar e construir a maior rede consumidora do País, onde o consumidor não apenas consome, mas possui vantagens e retorno financeiro agressivo, passando a ser sócio de supermercados, com comissões sobre o faturamento, inclusive, trata-se do grande negócio do século XXI”.

Para se chegar a esse objetivo final, quem participa do Empreender, recebe consultoria, planejamento e formação de líderes em marketing de relacionamento e consumo.

"Quando iniciei o projeto de construção de renda residual, eu estava concluindo uma pós-graduação, trabalhando e com várias outras atribuições, mas com a Empreender Global consegui mesmo com pouco tempo disponível construir excelentes resultados", afirma Tais Fialho, psicóloga e sócia investidora no projeto.

Hygor Guerreiro também ressalta que: "Hoje, temos um projeto que anda na contramão da crise. De fato, criamos e investimos no verdadeiro oceano azul, enquanto muitos reclamam da crise, crescemos e dobramos a cada ano".

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.