Pular para o conteúdo principal

Feitiço lança peças especiais desenvolvidas para a Copa do Mundo


A Copa do Mundo 2018 é um evento que está mobilizando todo o mercado, inclusive o de moda. A marca cearense Feitiço lançou peças especiais para quem deseja acompanhar os jogos do Brasil, focando principalmente nas cores da bandeira nacional.
O diferencial é que a marca apostou em modelos atemporais, que podem ser utilizadas também após o período do mundial. Há opções tanto para o público masculino, quanto para o feminino, com um mix que incluem bermudas, shorts, camisas e pantacourts.
As peças fazem parte da coleção Plenitude, que atualmente pode ser encontrada em todas as lojas físicas e no e-commerce da marca (http://www.estilofeitico.com.br). Com modelagens diferenciadas e cores vibrantes, as peças foram desenvolvidas para quem deseja um visual alegre e estiloso para assistir aos jogos.  Os tamanhos femininos são do P ao GG, enquanto os masculinhos seguem até o XGG.
Feitiço
A Feitiço dispõe de 10 pontos de venda físicos e loja virtual e possui produção 100% cearense, valorizando a mão de obra regional e incentivando o crescimento do estado. São 8 lojas de vendas de varejo e 2 entrega para atacado, todas situadas em Fortaleza. Para o mercado nacional, a marca conta com e-commerce (estilofeitico.com.br).
Serviços Feitiço

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…