segunda-feira, 18 de junho de 2018

Interior - Governo do Estado decreta situação de emergência em Cedro por conta da seca

Ao todo, 26 municípios estão na lista do decreto governamental. Prefeitura terá apoio para implementar ações para o bem-estar da população

Foto: Alysson Lopes
O Governo do Ceará publicou no Diário Oficial do Estado (DOE), da última sexta-feira (15/6) decreto que declara situação de emergência em Cedro e mais 25 municípios do Ceará. O documento detalha a irregularidade das chuvas e as elevadas temperaturas vêm comprometendo o armazenamento de água, causando sérios problemas ao abastecimento, inclusive para o consumo humano e animal, desde o ano de 2012, reduzindo o padrão de qualidade de vida da população.
Na avaliação do Prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz, a quadra invernosa no Ceará teve registros de boas chuvas em algumas regiões, mas ainda existem  comunidades rurais que sentem os efeitos da falta de água. “Desde 2013 estamos buscando a melhor forma de conviver com essa longa estiagem, com investimentos e parcerias que tem melhorado a vida da nossa população, o decreto possibilita o reforço destas ações, além da inserção de outras medidas”. 
O município vem ampliando as ações no combate à seca com a implantação de cisternas (polietileno e placa), perfuração de poços profundos, escavação de bebedouros, projetos de abastecimento de água, construção de açudes, implantação de chafarizes, entrega de filtros, além da Adutora de Montagem Rápida que interliga o Açude Ubaldinho ao sistema de tratamento da Cagece.
Com o decreto, o Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (SINPDEC), no âmbito do Estado do Ceará, irá prestar apoio complementar aos Municípios afetados, sob coordenação da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, nas ações de resposta à seca.  Além de Cedro, os municípios de Acopiara, Assaré, Bela Cruz, Chaval, Crateús, Crato, Groaíras, Hidrolândia, Icapuí, Icó, Iguatu, Independência, Ipu, Itapajé, Jaguaruana, Lavras da Mangabeira, Madalena, Missão Velha, Nova Olinda, Ocara, Parambu, Paramoti, Reriutaba, São Gonçalo do Amarante e Umirim, também tiveram decretada situação de emergência.
Confira o Decreto Publicado no Diário Oficial do Estado: https://bit.ly/2JTiJZL

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.