Governo do Ceará recebe nesta quarta-feira (4), prédio que sediará a Escola de Hotelaria e Gastronomia da Estação das Artes


A escola será um polo de formação com capacidade para 10 mil matrículas no primeiro ano que estiver funcionando e irá compor a Rede de Instituições da Secult no âmbito do Programa Escolas da Cultura.

O Governo do Ceará recebe nesta quarta-feira (4), prédio que irá sediar a Escola de Hotelaria e Gastronomia da Estação das Artes, situada em frente ao Marina Park Hotel. Instituição irmã da Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco, inaugurada na última sexta-feira (29), a escola irá oferecer formação e qualificação profissional no campo da gastronomia e hotelaria para a população cearense. A inauguração e o início das atividades da escola estão previstas para o segundo semestre de 2018.

A programação contará com a presença do Governador Camilo Santana e começa a partir das 20h, com o lançamento do livro  “Além da Peixada e do Baião - Histórias da alimentação do Ceará”, da editora Senac-CE, organizado por Valeria Laena, Domingos Abreu e Fátima Farias, que terá a presença do antropólogo Raul Lody. Em seguida, o arquiteto e chef João Luiz Lima, articulador de gastronomia do Governo do Estado e a ex-diretora administrativa e financeira do Instituto Dragão do Mar, Lina Luz, ambos da equipe gestora da escola de Gastronomia, irão apresentar um resumo do conceito e plano de ação da escola assim como o cronograma de atividades. A noite continua com a  “Festa da Cumeeira”, com show da banda local Juruviara e um coquetel. O evento é aberto ao público, sujeito à lotação do espaço.

Lançado em 2013, o projeto da escola é uma requalificação do antigo condomínio Panorama Artesanal, projetado pelos arquitetos Fausto Nilo e Delberg Ponce de Leon. A construção da obra foi de responsabilidade da Secretaria da Educação (Seduc). O prédio tem cinco torres e oito andares, uma parte será destinada para o alojamento de alunos vindos de outras regiões do estado. O edifício terá salas de aulas, laboratórios, biblioteca, refeitório e áreas de convivência espalhadas por todo o espaço.

O Secretário de Cultura do Ceará, Fabiano Piúba, afirma que a Escola de Hotelaria e Gastronomia da Estação das Artes se inscreve na política cultural de diversas formas. Compõe a Rede dos equipamentos culturais da Secretaria da Cultura no âmbito do Programa Escolas da Cultura e está  inserida no projeto Estação das Artes do Ceará, grande complexo onde funcionarão a Pinacoteca, o Mercado das Artes e o Mercado da Gastronomia como um investimento estratégico na requalificação do centro da cidade de maneira integrada ao "Fortaleza 2040" e às ações do "Juntos por Fortaleza" do Governo do Estado e da Prefeitura da cidade. Portanto, a Escola de Hotelaria e Gastronomia estará integrada à Estação das Artes, principalmente ao que toca ao Mercado da Gastronomia. Mas tem uma outra ação que merece destaque nesse investimento. Trata-se da requalificação urbana e do convívio social do entorno da Escola que está instalada entre o centro da cidade e os bairros Moura Brasil e o Oitão Preto. Dessa maneira, será uma escola com uma marca de inclusão social e ambiente de formação com ênfase para a juventude. “Nesse sentido, estaremos realizando uma política integrada de cultura, educação, urbanismo e juventude, priorizando a formação de jovens para o desenvolvimento de competências e capacidades profissionais no campo de duas áreas vocacionais de nosso estado e cidade: o turismo  e a cultura alimentar”, conclui o secretário.


O Presidente do Instituto Dragão do Mar, Paulo Linhares, ressalta que a escola se insere como um grande centro de formação do domínio da gastronomia, que é uma atividade central no setor de serviços e se destaca junto com o da cultura e tecnologia na geração de empregos no mundo. “O Ceará possui hoje 750 mil jovens, de 16 a 26 anos, que fazem parte da geração ‘nem nem’ ou seja, que nem estuda nem trabalha, e que precisam dessa nova formação, então, é urgente que o estado ofereça oportunidades para essa juventude que não se enquadra mais no velho mundo do trabalho e no modelo de escola formal, eles querem trabalhar com linguagem criativa e isso permitirá a mobilidade social desses jovens”. Pontua o presidente.

A Escola de Hotelaria e Gastronomia Estação das Artes integra a Rede de Escolas Criativas, estrutura de instituições da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e de suas políticas de artes, formação e economia criativa, sendo sua administração realizada em parceria com o Instituto Dragão do Mar - IDM, por meio de contrato de gestão.



Serviço
’“Festa da Cumeeira”, entrega do prédio da Escola de Hotelaria e Gastronomia da Estação das Artes.
Quando: 4 de julho, às 20h.
Gratuito
Interessados em participar dos cursos podem preencher o  cadastro de intenção acessando o link 👇 https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdjVSM7jsAMstpIsc3Xb7PezpdxVjdi0_yWnQuKqtsahZr4zw/viewform.

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.