quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Cinema Gratuito - Festival Internacional polonês chega a Fortaleza; Cônsul honorária da Polônia em Fortaleza Hanna Zborowska Neves estará no evento


Em sua 10ª edição na Polônia, o festival POLISH WAVE chega em terras cearenses pela 5ª vez. Fortaleza é a única cidade brasileira a sediar o evento.

Uma mostra de curta-metragem, terras longínquas e temas profundos: o Festival de Filmes Poloneses de Curta-Metragem - POLISH WAVE reúne, no Cinema do Dragão - Fundação Joaquim Nabuco, uma seleção de filmes de curta duração, produzidos na Polônia. Estarão presentes no evento, a cônsul honorária da Polônia em Fortaleza Hanna Zborowska Neves; e o Consul Geral da Polônia no Brasil, Piotr Grejcz. 

Os filmes serão exibidos em sessão única e gratuita, na próxima sexta-feira, dia 14 de dezembro, a partir das 19h30, no cinema do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC). 

A mostra itinerante chega a sua quinta edição em Fortaleza, mobilizando ainda salas de cinemas da Polonia, Bélgica e Alemanha. Fortaleza é a única representante brasileira, e da América Latina, a receber a programação. 

A opção por trazer um festival com formato curta-metragem, explica Hanna, se dá pela maleabilidade que o formato imprime.  “O público brasileiro é diferente do polonês. Somos mais pesados. Filmes de curta duração cativam mais facilmente e permitem uma maior aproximação entre culturas tão ricas e distintas", avalia.


PEQUENAS GRANDES HISTÓRIAS

Entre os sete selecionados para edição deste ano, participam curtas lançados em 2017 e 2018, nos gêneros documentário, animação e ficção. Hanna também destaca que além de revelar parte da recente produção do cinema polonês, o festival, por ter um caráter global, funciona como um termômetro, para os realizadores, sobre a aceitação de suas produções. 

Segundo Hanna, os autores dos filmes contam histórias intrigantes de protagonistas expressivos que se sentem seguros no mundo, até que o destino inesperadamente os força a reavaliar suas visões. “São histórias de pessoas que aguardam uma certa iniciação ou mudança de vida, relacionadas, por exemplo, com a entrada na vida adulta ("Volte"); confrontação da sua família ("Heimat"); ou uma tentativa de envelhecer calmamente ("Borra de café")”, ilustra. 

Com um total de apenas 89 minutos, a programação exibe diferentes tonalidades de vida e uma gama completa de emoções. A tristeza causada pelos fracassos é entrelaçada com a alegria dos pequenos sucessos, mas sempre ganha a curiosidade da vida, que dá coragem para assumir novos desafios.


CONFIRA A PROGRAMAÇÃO



Volteio (Volte) 
direção: Monika Kotecka, Karolina Poryzała / documentário / Polônia 2015 / 14 minutos
Zuzia tem doze anos e treina volteio artístico há vários anos. Ela é a pedra angular que coroa a pirâmide humana. Uma nova temporada começa e junto a ela, a graça e a leveza dos movimentos se perdem.



O Maravilhoso Mágico de U.S (The Wizard of U.S.)
direção: Balbina Bruszewska / Polônia 2017 / animação / 23 minutos
Uma sátira social baseada na história de L. F. Baum. Um misterioso tornado pega Dorothy e a leva para um lugar incomum. Ela segue a estrada de tijolos amarelos para o Mágico que certamente fará seus sonhos se tornarem realidade.



Heimat
direção: Emi Buchwald / Polônia 2017 / filme / 24 minutos
Cinco membros de uma família peculiar se encontram na delegacia de polícia. Três crianças crescidas precisam testemunhar contra um homem que espancou o pai.



Borra de café (Dregs)
direção: Kordian Kądziela / Polônia 2017 / filme / 28 minutos
Beata é uma taróloga do telefone e está aconselhando muitas pessoas no seu trabalho. Sua vida muda drasticamente, quando uma de suas leituras quase leva a uma tragédia.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.