quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Economia - Grupo J. Macêdo compra Hipercor do Grupo Edson Queiroz

O Grupo Edson Queiroz e a Hidracor, empresa pertencente ao Grupo J. Macêdo, anunciaram, nesta quarta-feira, 19, que a Hidracor adquiriu o negócio Hipercor, do Grupo Edson Queiroz. A transação compreende a transferência da propriedade da marca, assim como as suas respectivas linhas de produtos no segmento de tintas imobiliárias.
Como parte do acordo de negociação, a Hidracor garante a marca Hipercor como integrante do seu portfólio, dando continuidade à sua produção, comercialização e distribuição no mercado de tintas, com sua já conhecida qualidade e variada cartela de cores.
A incorporação do negócio Hipercor pela Hidracor, que tem expertise de 55 anos neste segmento, representa uma expansão importante da sua presença nos mercados e canais de distribuição.
A venda do negócio de tintas imobiliárias faz parte de uma decisão estratégica do Grupo Edson Queiroz, que pretende focar seus esforços na consolidação e inovação nas áreas de GLP, alimentos e bebidas, eletrodomésticos, incorporação, comunicação, agropecuária, tintas industriais e mineração. Em 2018, o Grupo adquiriu o negócio de água mineral natural da Nestlé, a Nestlé Waters; e inaugurou um novo momento no Sistema Verdes Mares, com uma nova redação, totalmente integrada e inovadora para todos os seus veículos.
“A Hidracor vem apresentando uma sequência de resultados muito positivos e confiamos que esta transação vai acelerar ainda mais o seu crescimento rumo à liderança nas regiões Norte e Nordeste”, afirma Paulo Janousek, diretor superintendente de Tintas Hidracor S.A.
“O Grupo Edson Queiroz está em um novo momento. Ficamos muito felizes com o resultado da negociação, pois temos a certeza que o negócio de tintas, tocado a partir de agora pelo Grupo J. Macêdo, estará em excelentes mãos, através de um trabalho sério e reconhecido”, conclui Abelardo Rocha, presidente do Grupo Edson Queiroz.
(Foto – Divulgação)
Fonte: Blog do Eliomar de Lima

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.