#audioinclui

domingo, 13 de janeiro de 2019

Economia - CDL de Fortaleza participa da NRF 2019, a maior feira de varejo do mundo, em Nova Iorque


O empresário e presidente da entidade, Assis Cavalcante, busca identificar as tendências para a realização da 13ª edição do Cenários do Varejo que ocorrerá em fevereiro
A abertura da Missão CNDL na NRF Big Show 2019, em Nova Iorque, realizada na noite de sábado (12) contou com a presença da comitiva do Sistema CNDL formada por 157 pessoas, entre os quais o presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante, e o presidente da Federação das CDLs do Ceará (FCDL-CE), Freitas Cordeiro. O grupo foi recebido pelo presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), José César da Costa, que lembrou da importância da maior feira do varejo mundial para os empresários brasileiros. “A NRF marca o início do ano do varejo. Estamos aqui para conhecer as principais tendências do setor, e implementar inovações nos nossos negócios para continuar garantindo competitividade e desenvolvimento para a economia brasileira”, ressaltou Costa.
Nos três dias de evento, empresários de todas as partes do planeta terão a oportunidade de conhecer as novidades do varejo e saber detalhes de como as marcas, independentemente do tamanho, lidam com a transformação digital e com o novo consumidor que surge nesse novo contexto. “Um evento deste tamanho, que reúne especialistas e empreendedores de todos os países, é uma excelente oportunidade de observamos as experiências que funcionam e adaptar às nossas diferentes realidades no Brasil”, acredita o presidente da CNDL.
O presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante, frisou que é uma oportunidade única de aprender com os maiores players de varejo do mundo. O empresário pontou ainda que está buscando as tendências para a realização da 13ª edição do Cenários do Varejo, que acontecerá em fevereiro, na Capital cearense. “Nós vamos levar de Nova Iorque várias ferramentas de utilidade para o varejo, especialmente para vender com mais qualidade e oferecer aos nossos clientes experiências melhores tanto em termos tecnológicos quanto de atendimento”, adianta.
ABERTURA – A palestra de abertura da NRF 2019 foi conduzida por Wijnand Jongen, co-fundador e presidente do Comitê Executivo de E-commerce na Europa, que representa 75 mil web-lojas, e fundador e CEO da Associação Holandesa de E-commerce Thuiswinkel. Autor mundialmente reconhecido, futurista e trendwatcher em tópicos de varejo e comércio eletrônico, o holandês apresentou uma visão inovadora sobre o mundo do varejo.
Jongen falou do aumento dos negócios no ambiente digital em todos os continentes. “Para se ter uma ideia, são mais de US$ 1,1 trilhão gastos pelos consumidores chineses. Na Europa, vemos o crescimento constante de aproximadamente 15% ao ano. Cada vez mais consumidores estão adotando o mercado online. Mais de dois bilhões de pessoas estão comprando no mundo digital. O mundo online e o físico estão virando um só”, avalia.
Os participantes puderam conhecer exemplos de países que usam tecnologia para oferecer uma experiência de compra mais rápida e eficiente, como o supermercado na China que escaneia o aparelho celular do consumidor na chegada à loja. Como o equipamento está conectado à conta bancária, é possível escolher os itens e, ao finalizar as compras, o valor é debitado automaticamente sem que seja necessário passar por um caixa.
Outra tendência apresentada por Jongen é o uso da voz em substituição ao texto por meio da inteligência artificial, os chamados assistentes virtuais inteligentes, como Alexa, desenvolvida pela Amazon. “Voz é mais simples que texto escrito. Você pode escrever algo, mas uma criança de três anos consegue falar. É por isso que eu acho que em algum momento, voz vai tomar o lugar do texto. Então, a grande mudança de texto para voz soluciona o problema que chamo de paradoxo da escolha. Eu, tendo menos escolhas, as coisas ficam mais rápidas, mais simples, mais baratas”, acredita.
Já existe, por exemplo, um micro-ondas que oferece um botão “pergunte à Alexa”, que ajuda o usuário a tirar dúvidas sobre o preparo de determinado alimento. No entanto, apesar de toda a evolução das tecnologias e da inteligência artificial, as pessoas ainda são o principal capital para o varejo, segundo Jongen.  “A tecnologia não determina o comportamento humano. No final de tudo, são os seres humanos determinam como as tecnologias serão utilizadas”, conclui.
A palestra de abertura contou com a presença dos representantes da GS&MD Marcelo Toledo e Fabiana Mendes, do vice-presidente da Confederação, Ivan Tauffer, e do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro, além de lideranças do Sistema CNDL de todas as regiões do Brasil.
NRF 2019 – A edição deste ano da feira promete justificar o título de maior evento do varejo mundial reunindo mais de 30 mil pessoas de todos os continentes para discutir as principais tendências que impactam as relações de consumo, sejam produtos ou serviços, físicos ou digitais, em larga ou pequena escala, locais ou globais.
Apesar de cada vez mais se falar em experiência, tecnologia, propósito, diversidade, inteligência artificial e multicanalidade, as pessoas continuam sendo reconhecidas como elemento essencial das relações de consumo, independentemente do contínuo incremento da tecnologia no varejo.
Como já ocorre nos últimos anos, o evento terá mais de 100 palestras e apresentações divididas nos três dias de programação oficial. As principais palestras da NRF 2019 foram classificadas de acordo com o seu foco, resultando em trilhas que contemplam seis grandes temas: Operacional, Experiência do Consumidor, Propósito, Global, Comunidade, Talento.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.