Pular para o conteúdo principal

Agenda Cultural - BANDA CEARENSE DE ROCK/POP "SOM DE CERA" FAZ SHOW DE PRÉ-LANÇAMENTO DO DISCO "VIBE BOA



- Sábado 9/2, 21h, Rua Frederico Borges, 413, Fortaleza-CE.
EVENTO DE PRÉ-LANÇAMENTO DO ÁLBUM AUTORAL "VIBE BOA"

Com mais de 10 anos de história e estrada musical, a banda cearense de rock/pop autoral "Som de Cera" preparou um trabalho discográfico inteiramente próprio. Um álbum de 10 faixas que trazem sonoridades renovadoras para o cenário musical local, aportando trabalhos melódicos e harmônicos que remetem à grande época do rock brasileiro dos anos 80s.

O disco, intitulado “Vibe Boa”, já está disponível nas principais plataformas de streaming digital, e será pré-lançado em um show especial projetado para dar um "start" na circulação do álbum e começar a sentir a aceitação do público.

O show será no Europub, localizado na Rua Frederico Borges, 413 - Meireles. A casa abre às 21hrs com apresentação do Dj Nardo Honorato. Ao redor da meia-noite, a Som de Cera apresentará diversos clássicos do seu repertório cover e também canções autorais inclusas no disco.

Escute as músicas "Vibe Boa" e "Mil maneiras", da Som de Cera, anexas desta mensagem.

SERVIÇO:

Show de Pré-lançamento do disco "VIBE BOA" da banda cearense Som de Cera.

Local: Europub. Rua Frederico Borges, 413 - Meireles. 

Horário: 21h.

Valor: R$ 10,00 (preço único). Com o ingresso ganha o CD "Vibe Boa".

Informações: (85) 9 8857-7501 - César A. Martín, imprensa (por entrevistas e credenciamentos para o show).
                         (85) 3104-4730 - Europub, local do evento.
👍

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…