Pular para o conteúdo principal

Cargos na prefeitura de Juazeiro do Norte são os concursos mais procurado no Nordeste



 
Em 2019, há quase 28 mil candidatos aos cargos da prefeitura da cidade cearense, segundo mapeamento da Gran Cursos Online

 
 
Segundo uma recente pesquisa feita pelo Gran Cursos Online, empresa especializada na capacitação de candidatos para concursos públicos em todo o Brasil, a região Nordeste atrai um total de 118.976 interessados em cargos públicos.

Entre as principais oportunidades, a Prefeitura de Juazeiro do Norte se destaca com um total de 27.926 interessados, com Agente Administrativo; Agente Municipal de Trânsito, Enfermeiro Infectologista; Enfermeiro Plantonista; Enfermeiro Plantonista; Enfermeiro Saúde do Trabalhador, Historiador; Inspetor Sanitário; Instrutor de Libras; Jornalista; Psicólogo; Psicopedagogo e muitos outros cargos.

Além desta grande oferta de vagas, outras oportunidades que atraem nordestinos e profissionais de todas as regiões do Brasil são: a Universidade Federal da Paraíba, com 25.765 interessados; a Polícia Militar da Bahia, com 25.150 interessados; a Polícia Civil do Estado do Ceará, com 21.667 interessados, e a Prefeitura de Salvador, com 18.478 interessados.

Segundo o Gran Cursos Online, os cargos públicos atraem muitos interessados em todo o país, especialmente pelos altos salários e pela estabilidade empregatícia que as oportunidades asseguram.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…