Pular para o conteúdo principal

Óticas Visão lança campanha “Minha mãe é diferente”


Pensando nas mães dos tempos modernos que têm de conciliar funções simultâneas entre a vida pessoal e a profissional, a Óticas Visão lança para o Dia das Mães a campanha “Minha mãe é diferente”. A ação visa refletir a modernidade, independência, sofisticação e atitude da mulher do século XXI.
A campanha conta com descontos de 30% em todas as peças da marca Capri, nova linha das Óticas Visão, exclusiva para o público feminino e inspirada nas griffes europeias, sinônimo de luxo e qualidade. As marcas de óculos Visone, Armani Exchange e Vogue, e de relógios Orient, Oslo e Lince também fazem parte da campanha.
A ação segue até o dia 26 de maio nas 24 lojas da Óticas Visão, no Centro e nos principais shoppings de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú e no interior do Ceará, no Crato. As compras durante a ação do Dia das Mães contarão com parcelamento de até 6x sem juros. 
O cliente também contará com uma outra novidade, o Crednota. A cada 2 mil reais em compras, o cliente ganhará 50 reais em crédito na próxima compra. O regulamento da ação pode ser conferido em uma das lojas da empresa.
Óticas Visão
Consciente da importância da visão para o ser humano, as Óticas Visão assumiu desde de dezembro de 1974, o compromisso de atender as necessidades visuais da sociedade cearense.  Com isso, buscou e conquistou um moderno laboratório para a produção e montagem das suas lentes vendidas, se tornando uma ótica independente com produtos da mais alta tecnologia em armações e lentes, que garantem conforto, proteção e estética.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…