Pular para o conteúdo principal

Estácio do Ceará realiza trote solidário para receber novos alunos

 Os calouros são motivados a doar sangue, fazer cadastro para doação de medula óssea e arrecadar donativos para instituição de acolhimento

Durante a semana que marca o início das aulas para os novatos, coordenadores, gestores, professores e alunos veteranos do Centro Universitário Estácio do Ceará realizam o Projeto Boas-Vindas Calouros. A ação, que teve início nesta segunda-feira (19), será realizada nas quatro unidades da instituição e consiste na prática de atividades para integração dos novos universitários.

No período, diversas iniciativas de solidariedade serão executadas, como a doação de sangue e realização de cadastro de doadores de medula óssea na unidade Via Corpvs, em parceria com o Hemoce, e a arrecadação de alimentos, brinquedos e roupas para o Lar Amigos de Jesus, na unidade Moreira Campos.


As ações de boas-vindas aos calouros são desenvolvidas por todos os cursos de graduação da Estácio do Ceará. Entre as atividades do projeto, estão ainda apresentações de dj's, aulas de zumba, palestras, oficinas, tour para conhecimento dos laboratórios e apresentação de coordenadores e professores sobre a metodologia de cada curso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…