Pular para o conteúdo principal

AJE Fortaleza empossa nova Coordenação Executiva- Gestão 2020, no próximo dia 4 de fevereiro



A Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza dará posse a sua nova Coordenação Executiva- Gestão 2020, no próximo dia 4 de fevereiro, durante evento na FIEC.

O atual coordenador-geral, Rafael Fujita, passará o comando da entidade para o contador Valdemir Alves, que traz como bandeira para a nova gestão o “Empreendedorismo de Impacto”, através de duas vertentes: contribuição do ambiente de negócios e empreendedorismo social.

A solenidade está marcada para as 19h30, no auditório Waldyr Diogo, na FIEC. Também tomarão posse: Romualdo Neto, Pedro Rocha, Igor Pinheiro, Igor Fernandes, Pedro Otoni, Ingrid Collyer, Pedro Gregory, Jessica Ximenes e Rodrigo Bitar.

Na ocasião serão homenageados: Sampaio Filho com a comenda Jovem mentalidade empreendedora; Geraldo Luciano na categoria Jovem mentalidade empreendedora  social; além de Edson Aroxa e Ricardo Cavalcante com a comenda Associado Benemérito.

Durante o evento também serão comemorados os 30 anos da associação, com a entrega de uma placa para todos os ex- coordenadores gerais.



SERVIÇO:Solenidade de Posse nova coordenação AJE Fortaleza
Data: 04/02
Horário: 19h30
Local: Auditório Waldyr Diogo, na FIEC.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…