Pular para o conteúdo principal

Dragão do Mar realiza debates online sobre Acessibilidade em Museus




Educadores dos Museus e convidados discutem as perspectivas e os desafios, ao vivo, pelo Instagram do Dragão

A campanha digital #NaRedeComDragao, iniciativa do Dragão do Mar para compartilhamento de conteúdos sobre arte e cultura continua e traz novos debates ao vivo, que serão transmitidas pelo Instagram do centro de arte e cultura. Na semana em que se comemora o Dia Nacional de Educação de Surdos, os Museus do Dragão do Mar provocam uma reflexão sobre o tema, a partir de experiências já realizadas nos Museus, bem como abordando os desafios e as perspectivas para a inclusão cultural de surdos. 

Nesta quinta-feira (23), a partir das 16h, Cleyton Santos, professor de Libras e educador do Museu da Cultura Cearense, recebe Hélio Alves de Melo Neto, Mestrando no INES - Instituto Nacional de Educação de Surdos (RJ), para a uma conversa sobre “Acessibilidade nos Museus”. O bate-papo será integralmente em Libras, sendo direcionado à comunidade surda.

Na sexta-feira (24), a partir das 15h, Vinícius Scheffer, educador do Museu de Arte Contemporânea do Ceará, receberá o artista e arte-educador Ariel Volkova para debater o tema “Educação de Surdos e Cultura”.  A conversa trará os atravessamentos da acessibilidade e formação em artes para pessoas surdas em espaços culturais e museus. 

Sobre os debatedores
Ariel Volkova
Artista, tradutor-intérprete de LIBRAS, docente especialista em arte-educação, bacharel em dança e pesquisador em teatro, fotografia, audiovisual e performance. Intérprete de LIBRAS da Escola Bilíngue Francisco Suderland em Fortaleza, desenvolveu o projeto pela UFC “VideoLIBRAnças: das interseções entre vídeo, LIBRAS e dança”, no qual elaborou uma metodologia para a improvisação em dança e LIBRAS (LIBRAnças).

Vinícius Scheffer
Licenciado em Artes Visuais pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Integrante do grupo de pesquisa IRIS – Grupo de Estudos da Formação de Professores de Artes Visuais/IFCE. Atua como professor substituto em escola de surdos - SEDUC/CE e assistente de Acessibilidade do Museu de Arte Contemporânea - Dragão do Mar. Atuou como intérprete de LIBRAS em redes privadas de ensino superior e desenvolve trabalhos de acessibilidade cultural pela Art! em LIBRAS.

Cleyton Santos 
Professor de Libras e educador do Museu da Cultura Cearense

Hélio Alves de Melo Neto
Mestrando no INES - Instituto Nacional de Educação de Surdos (RJ)


Serviço: Acessibilidade nos Museus em Debate
Live “Experiência de Acessibilidade nos Museus” com Cleyton Santos e Hélio Alves de Melo Neto
Data: Sexta-feira, 23/04
Horário: 16h
Local: Instagram do Dragão do Mar
Acessível em LIBRAS
Classificação etária: Livre

Live “Educação de Surdos e Cultura” com Vinícius Scheffer e Ariel Volkova
Data: Sexta-feira, 24/04
Horário: 15h
Local: Instagram do Dragão do Mar
100% em LIBRAS
Classificação etária: Livre

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…