Ação do MPCE responsabiliza presidente da Câmara Municipal do Crato por enriquecimento ilícito

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da 3ª Promotoria de Justiça do Crato, ajuizou, nesta terça-feira (23), uma Ação Civil Pública (ACP) contra o presidente da Câmara Municipal do Crato, vereador Florisval Sobreira Coriolano, responsabilizando-o por ato de improbidade administrativa. Também foram acionados o contador Abner Ferreira dos Reis Filho e o ex-servidor Josué Vieira Pereira. 
A acusação é de que houve enriquecimento ilícito, dano ao patrimônio público e violação aos princípios da Administração Pública. A ação foi protocolada sob o nº 0550033-75.2020.8.06.0071 e está em tramitação na 1ª Vara Cível da Comarca do Crato. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça