Pular para o conteúdo principal

MPCE recomenda que Secretarias da Saúde de Chaval e Barroquinha identifiquem pacientes com pulseiras

Nesta segunda-feira (08), o Ministério Público do Ceará (MPCE) recomendou às Secretarias da Saúde de Chaval e Barroquinha a adoção de providências para garantir que os usuários do sistema público de saúde sejam identificados no momento da internação. A finalidade desses requerimentos é promover a segurança dos pacientes nos serviços de saúde dos municípios.  
De acordo com o promotor de Justiça titular da Comarca de Chaval, Rodrigo Coelho, “embora estejamos vivenciando um estado de excepcionalidade, devido à pandemia de Covid-19, as medidas de segurança do paciente devem ser observadas”.  A vista disso, “falhas na identificação do paciente podem resultar em erros de medicação, erros durante a transfusão de hemocomponentes, em testes diagnósticos, procedimentos realizados em pacientes errados e/ou em locais errados, entrega de bebês às famílias erradas, entre outros”, segundo cartilha elaborada pelo Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) e Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente (Rebraensp). 
Dessa forma, as recomendações levam em consideração o Protocolo de Identificação do Paciente, que tem o intuito de reduzir a ocorrência de incidentes por meio da correta identificação dos usuários. Conforme o protocolo, uma pulseira deve ser colocada em cada paciente que fizer a admissão no serviço de saúde, constando, no mínimo, dois identificadores, como nome completo, data de nascimento, número de prontuário, entre outros. Também deve ser previsto o que fazer caso a pulseira caia ou fique ilegível.  
Portanto, a Promotoria de Justiça solicita que as Secretarias de Saúde de Barroquinha e Chaval garantam que todos os hospitais dos municípios apresentem o plano de segurança do paciente e os seus respectivos protocolos, inclusive em relação aos diagnosticados com Covid-19. O MP também requer que seja informado quais hospitais têm núcleo de segurança do paciente. Por fim, é pedido que os usuários do sistema público de saúde desses municípios sejam identificados por, no mínimo, uma pulseira e placa de identificação junto ao leito. As Secretarias devem, no prazo de cinco dias, comunicar ao MP quais medidas foram adotadas para o cumprimento das Recomendações. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada.Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas