Pular para o conteúdo principal

PMCE realiza a Operação Sossego nos bairros com maior concentração de bares e restaurantes

Polícia Militar do Ceará (PMCE) realiza a Operação Sossego com objetivo de verificar o cumprimento do Decreto Estadual nº 33.684, publicado em 18 de julho, com vigência na Capital e Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Iniciada as 20 horas da última quinta-feira (23), a ação policial segue até domingo (26), a fim de fiscalizar os bairros que possuem o maior número de bares e restaurantes, como Praia do Futuro, Praia de Iracema, Beira Mar, Cidade dos Funcionários, Varjota e região da Avenida Bezerra de Menezes, além da Barra do Cauípe e Icaraí, em Caucaia, entre outros.
A ação é desempenhada pelos policiais do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) e o Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), com apoio do Policiamento Ostensivo Geral (POG). Ainda, na Capital, a PMCE conta com a parceria da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) da Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF).
Nesses dois primeiros dias, houve apreensão de paredão de som e autuação de estabelecimento por funcionamento descumprindo o decreto estadual e pela utilização indevida do espaço público, inclusive com aplicação de multa e recolhimento de mesas e cadeiras. Todas as ações foram de forma preventiva e ostensiva visando a segurança, saúde e bem-estar do cidadão.
O coronel comandante geral da PMCE, Alexandre Ávila, frisa a importância da ação fiscalizatória da Polícia Militar nesse período de pandemia. “Estamos vivendo uma fase delicada. Agora, mais que nunca, precisamos ser pacientes e seguir as recomendações dos órgãos de saúde para evitarmos que a pandemia se alastre novamente”, afirma do comandante.
Assessoria de Comunicação da PMCE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…