Pular para o conteúdo principal

Dia do Voluntariado: Nova Acrópole atua há mais de 60 anos por meio de voluntários

 

Proposta filosófica da organização é de humanismo como forma de atuar na causa dos problemas atuais 

Muito além de incrementar o currículo ou se sentir útil no tempo livre, o trabalho voluntário está ligado à ideia universal do Bem, uma corrente que une e contagia a caminhada ao longo da vida. A prova é o benefício gerado àquele que se doa e à importância que o tema ganhou a partir da pandemia de Covid-19.

No próximo dia 28 de agosto, celebra-se o Dia do Voluntariado no Brasil, instituído por meio da Lei nº 7.352/1985, em homenagem e destaque àqueles que atuam como voluntários nas mais diversas causas pelo território brasileiro.  

Um estudo coordenado pelas consultorias Mobiliza e ReosPartner apontou um aumento de 40% no engajamento de pessoas que já atuavam voluntariamente bem como na adesão de novos voluntários, no último ano. 

Antes da crise sanitária, de acordo com o último dado divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2019 o trabalho voluntário teve redução de 4% em relação ao mesmo do ano anterior. Na ocasião, 6,9 milhões de pessoas afirmaram realizar trabalhos voluntários. 

“A dor da humanidade nos impulsiona a sermos melhores. E ela deve ser inteligente, ou seja, tem que atuar desvanecendo a causa da dor; não se dá um paliativo para a dor alheia, mas atua-se diretamente na fonte da dor. É isto que propõe a filosofia: atuar não para enxugar a poça no chão, mas para corrigir a goteira no telhado, diretamente na causa do problema”, explica a filósofa Lúcia Helena Galvão Maya, professora voluntária da Nova Acrópole há mais de 30 anos.

Lúcia Helena lembra que não há paradoxo em atuar na defesa de causas urgentes e emergenciais, mas que sempre se deve ter em mente o propósito maior de construir um ser humano melhor, que é a proposta da Organização Internacional Nova Acrópole.

“NaNova Acrópole, voluntariado é o nosso dia a dia. Aqui fazemos voluntariado por meio da filosofia, do ensino de filosofia. Voluntariado não é só você pegar alimento e levar numa comunidade carente. Eu também acho que isso é bom, mas não esqueça que a causa da miséria não vem da falta de comida, vem da falta de valores. A causa da fome não vem da falta de alimento, vem da falta de fraternidade”, explica.

Da mesma forma, a filósofa lembra que ações como o trabalho ofertado como forma de “recompensa por erros passados” não representam, necessariamente, o tipo de voluntariado que busca a vivência do bem universal.

“Esse tipo de ação poderia se aperfeiçoar ao longo do tempo, harmonizando fins e meios; afinal, a busca da coerência e da harmonia também é virtude. Porém, uma ação voluntária realmente ligada ao bem universal é uma ação sem interesses, pensando apenas no bem daqueles que recebem este benefício. Ao longo de vários momentos da história passada e recente vemos a grandeza, a pureza e a bondade que certos homens foram capazes de manifestar, doando tudo de si por causas nobres. Não podemos nos furtar à conclusão de que esse potencial humano também existe, adormecido, em nós. Quando agimos desta formanão há o que lamentar, afinal, o que pode ser mais nobre do que ser verdadeiramente humano?”, indaga a professora.

Em Fortaleza, a voluntária Patricia Gomes diz que “participar do voluntariado em Nova Acropole é muito mais que uma atividade da nossa rotina, é demonstrar o firme compromisso pela construção de um mundo melhor.”

Por meio da atuação de voluntários iniciada em 1957, na Argentina, nasceu a Organização Internacional Nova Acrópole, que se dedica ao ensino de filosofia à maneira clássica em mais de 60 países. O curso adaptado para mais de 30 idiomas é aplicado por professores voluntários e tem beneficiado milhares de pessoas em todo mundo que buscam conhecer-se, desenvolver-se e contribuir com a criação de um mundo melhor.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!