Pular para o conteúdo principal

HENKEL, L’ORÉAL, LVMH, NATURA &CO E UNILEVER CONVIDAM O SETOR DE COSMÉTICOS A DESENHAR COLETIVAMENTE UM SISTEMA VOLUNTÁRIO DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL PARA SEUS PRODUTOS

 

 


– Henkel, L’Oréal, LVMH, Natura &Co e Unilever anunciam uma nova iniciativa de cooperação global, que irá desenvolver coletivamente um sistema voluntário de avaliação e classificação de impacto ambiental para toda a indústria de cosméticos. O objetivo é desenhar em conjunto uma abordagem que vá além das marcas, e dê aos consumidores informações claras, transparentes e comparáveis sobre o impacto ambiental dos produtos, a partir de uma metodologia comum baseada na ciência. Essas cinco companhias estão estendendo o convite para que outras empresas de cosméticos se juntem a elas nesse objetivo.


 


Atendendo à demanda por maior transparência


O novo sistema de avaliação e classificação pretende atender à crescente demanda dos consumidores por maior transparência a respeito do impacto ambiental de produtos cosméticos (incluindo fórmulas, embalagens e utilização). O objetivo é melhorar a informação disponível ao público e permitir que ele faça escolhas mais sustentáveis de consumo.  


 


Para isso, um consórcio será criado, aberto a todas as companhias de cosméticos que queiram unir-se a ele e contribuir para o desenho de um sistema que permita aos consumidores compararem produtos dentro de uma mesma categoria. A ambição é que haja uma classificação geral que informe os consumidores sobre o impacto ambiental de cada produto, considerando todo o seu ciclo de vida.   


 


Construindo coletivamente uma metodologia científica e um sistema de classificação


O consórcio trabalhará com a consultoria de sustentabilidade Quantis , para garantir uma abordagem robusta e científica desse processo, e que os esforços de construção conjunta da metodologia de avaliação e do sistema de classificação sejam guiados e articulados em torno de:


 


1.    Um método comum de mensuração dos impactos ambientais de todo o ciclo de vida dos produtos, apoiado nos princípios da “Product Environmental Footprint” (o método científico da União Europeia para quantificar a pegada ambiental de produtos)  


2.    Uma base de dados comum sobre impactos ambientais de ingredientes e matérias-primas usadas em fórmulas e embalagens, assim como da etapa de uso dos produtos.


3.    Uma ferramenta comum que permita que cada marca calcule o impacto ambiental de produtos individuais, e que possa ser usada por não-especialistas.


4.    Um sistema harmonizado de classificação usando, por exemplo, uma pontuação variando de “A” até “E”, que permita que o consumidor compare facilmente diferentes produtos. A metodologia, a base de dados, a ferramenta e o sistema de classificação serão verificados por entidades independentes.


 


 


Engajando todos os atores do setor de cosméticos


Essa iniciativa global pretende ser aberta a todas as companhias de cosméticos, independentemente de seu tamanho ou de seus recursos. Outros atores serão informados e consultados durante o processo. As cinco companhias que estão se reunindo agora vão somar sua experiência e conhecimento para desenvolver metodologias de avaliação de impacto (como é o caso de Henkel, LVMH, Natura &Co e Unilever), bem como um sistema de rotulagem ambiental e social (conforme o desenvolvido pela L’Oréal). Todas as companhias vão se beneficiar desse trabalho preexistente e estão convidadas a contribuir com sua própria experiência. O consórcio também vai contar com o apoio de especialistas externos, incluindo cientistas, acadêmicos e ONGs, para assegurar a contínua consistência de sua abordagem. O trabalho desenvolvido pelo consórcio vai ser publicado e tornado acessível de forma estritamente voluntária, tanto pelos seus integrantes como por outras partes interessadas.


 


“É possível que o setor de cosméticos, como aconteceu em outros, construa uma avaliação científica do impacto de seus produtos, baseada em todo o seu ciclo de vida. Isso requer a união do conhecimento e da experiência de todas as partes dessa indústria, particularmente considerando os dados sobre impacto ambiental; esta é exatamente a empreitada em que os membros fundadores do consórcio estão embarcando agora.”, diz Philippe Osset, especialista em usar a avaliação de ciclo de vida para o ecodesign, consultor parceiro da Comissão Europeia e da AFNOR (Associação Francesa de Padronização, na sigla em francês).


 


A Cosmetics Europe já está acompanhando ativamente o processo, e outras associações da indústria estão sendo contatadas para se unir ao consórcio.


 


Empresas e associações que queiram saber mais sobre a iniciativa podem entrar em contato pelo e-mail: contact@ecobeautyscore-consortium.org.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que