Pular para o conteúdo principal

Fortaleza- Prefeitura orienta que imunossuprimidos atualizem cadastro no Saúde Digital para 3ª dose contra a Covid-19

 A Prefeitura de Fortaleza orienta que pessoas com alto grau de imunossupressão atualizem seus dados na plataforma Saúde Digital (https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br), indicando sua condição, para viabilizar a logística de aplicação da terceira dose. O município de Fortaleza iniciará o atendimento deste público conforme a chegada de doses, enviadas pelo Ministério da Saúde, específicas para este público.

O Saúde Digital, sistema do Governo do Estado do Ceará, foi atualizado e agora disponibiliza espaço para autodeclaração de pessoas com imunossupressão. Ao acessar o cadastro, o cidadão deve anexar a documentação que comprova as suas condições clínicas.

Passo a passo para atualização no Saúde Digital:

1- Acesse o site https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br 
2- Selecione a opção “Já tenho cadastro”, digite o login e informe a senha
3- Em “Auto-declaração de imunossupressor”, selecione a opção “Declaro apresentar alto grau de imunossupressão”, selecione a condição e clique em “Salvar”.
4- Anexe a documentação que comprova a condição clínica.

Documentação comprobatória

Conforme nota técnica do Ministério da Saúde, pessoas com alto grau de imunossupressão devem receber a terceira dose. No ato da aplicação, será necessário apresentar documentação comprobatória, conforme descrição abaixo.

I - Imunodeficiência primária grave: Atestado/Relatório médico descritivo com dados clínicos e de exames que comprovem essa doença. Não poderá ser apenas o Cid.
II - Quimioterapia para câncer: Atestado/Relatório médico descritivo com dados clínicos, exames e tratamento que comprovem essa condição. Não poderá ser apenas o Cid (validade 1 ano).
III - Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras: Relatório médico descritivo com dados clínicos e de exames que comprovem essa condição (não poderá ser apenas o Cid) ou relatório de alta (transplante ou relatório médico descritivo com tipo de transplante).
IV - Pessoas vivendo com HIV/AIDS: Relatório médico descritivo com dados clínicos e de exames que comprovem essa doença (não poderá ser apenas o Cid) ou exame que comprove (teste rápido ou outro) ou cadastro Siscel ou Siclom.
V - Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias: Relatório médico descritivo com dados clínicos e exames que comprovem a condição de uso de corticóide nessas condições: acima de 20mg/dia e tempo maior que 14 dias (no momento da vacina) ou receita médica (que indique tratamento vigente – no momento da vacina).
VI - Uso de drogas modificadoras da resposta imune: Relatório médico descritivo com dados clínicos e de exames que comprovem a doença (não poderá ser apenas o Cid) e receita médica que contenha alguma das medicações a seguir. Leflunomida; Micofenolato de mofela; Azaprina; Ciclofosfamida 6-mercaptopurina; Ciclosporina; Tacrolimus; Metotrexato ; Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe); Inibidores da JAK (Tofacinibe, baracinibe e upadacinibe).
VII - Pacientes em hemodiálise: Relatório médico descritivo com dados clínicos e de exames que comprovem essa condição (não poderá ser apenas o cid) ou comprovante de diálise (cartão ou outro documento que comprove a hemodiálise).
VIII - Pacientes com doenças auto inflamatórias e doenças intestinais inflamatórias: Relatório médico descritivo com dados clínicos e de exames que comprovem essa doença. Não poderá ser apenas o Cid.
* Doenças Inflamatórias Crônicas imunomediadas: Artrite Reumatóide; Anemia hemolítica autoimune; Crioglogulinemia mista essencial; Cirrose biliar primária; Doença de Crohn; Doença de Kawasaki; Dermatomiosite; Esclerose Múltipla; Esclerodermia sistêmica; Espondilite anquilosante; Granulomatose de Wegener; Hepatite Auto-imune; Lúpus Eritematoso Sistemico; Miastenia gravis; Mielite transversa; Polimialgia reumática; Poliarterite nodosa; Polimiosite; Psoríase (Artrite psoriática); Púrpura de Henoch-Scholein; Retocolite ulcerativa; Sarcoidose; Síndrome Sjogren; Vasculites.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!