Pular para o conteúdo principal

Instituto Myra Eliane e UFC realizam premiação de concurso de monografias

 


Três produções inspiradas no livro "Pequena História do Ceará – uma releitura da obra de Raimundo Girão" foram selecionadas



Os vencedores do Concurso de Monografias "Pequena História do Ceará – uma releitura da obra de Raimundo Girão", realizado pelo Instituto Myra Eliane (IME), em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC), foram premiados nesta terça-feira (19), em cerimônia realizada na reitoria da UFC, em Fortaleza, com a presença do reitor, Prof. Cândido Albuquerque e do presidente do IME, Igor Queiroz Barroso.


O primeiro lugar foi concedido à estudante Adriana Carolina Leão Carpi, da Universidade Estácio de Sá (São Paulo), autora do ensaio "Raimundo Girão: fonte e inspiração para uma história ambiental do Siará". O segundo lugar coube à acadêmica Mariana Antônia Santiago Carvalho, da UFC (Ceará), responsável pela monografia "Pequena-grande história do Ceará: uma ode à historiografia cearense por meio da caneta de Raimundo Girão" e o terceiro lugar à Floriano Benevides de Magalhães Neto, do Centro Universitário Internacional (Ceará), autor de "Ensaio sobre a colonização, religiosidade e formação econômica do Ceará pela abordagem de Raimundo Girão".


Os autores receberam R$ 10 mil e um iPhone, 1.º lugar; R$ 5 mil e um notebook, 2.º lugar e R$ 3 mil e um iPad, 3.º lugar, 


Na oportunidade, o presidente do IME, Igor Queiroz Barroso, ressaltou a emoção de estar em um ambiente cheio de significado como a Universidade e que, as incertezas enfrentadas durante a pandemia fizeram a todos “mais fortes, mais criativos e mais disruptivos”.


O reitor Prof. Cândido Albuquerque ressaltou a importância de a sociedade saber cultivar e homenagear os talentos do passado e do presente. Além de destacar os frutos gerados pela parceria entre o Instituto e a UFC.


O livro "Pequena História do Ceará", do historiador Raimundo Girão, que dá nome a essa edição do concurso, ganhou uma reedição fac-similada, lançada em agosto de 2019 pelo Instituto Myra Eliane, em coedição com a UFC. Essa edição marca os 66 anos da publicação original, lançada em 1953 é considerada um marco na historiografia do Ceará.

Sobre o Instituto Myra Eliane


Fundado em 2016 e sediado em Fortaleza (CE), o Instituto Myra Eliane atua no fomento à educação infantil, com base nos valores humanos. Na frente editorial, já são dez obras lançadas: a reedição do livro "O Cearense" (Parsifal Barroso), "Olga Barroso - Na vanguarda da vida" (Juarez Leitão), "Parsifal - Um intelectual na política" (Luís Sérgio Santos), a reedição de "Pequena História do Ceará" (Raimundo Girão), "O Cearense 2018: a releitura da obra clássica de Parsifal Barroso" (Nathália Cardoso Maciel, Helias Joaquim da Silva e Ciro Leandro Costa da Fonsêca) e o recém - lançado "O Cearense Revelado: uma jornada via DNA desvenda nossa ancestralidade" (Luís Sérgio Santos).


Na vertente do Projeto Valores Humanos na Educação Infantil, o Instituto lançou "O pavãozinho e a rosa: a verdadeira beleza" (Hugo Mendonça), "Valores humanos para crianças" (autores diversos), "Enciclopédia em cordel: a raiz da palavra educação “educare” e “educere”" (Marlone Gonzaga) e "Enciclopédia em cordel: educação infantil, caixas I e II" (Marlone Gonzaga).


Confira os vencedores do Concurso de Monografias "Pequena História do Ceará – uma releitura da obra de Raimundo Girão":

1º Lugar

Adriana Carolina Leão Carpi, Universidade Estácio de Sá (São Paulo), com "Raimundo Girão: fonte e inspiração para uma história ambiental do Siará"

2º Lugar

Mariana Antônia Santiago Carvalho, Universidade Federal do Ceará (UFC), com "Pequena-grande história do Ceará: uma ode à historiografia cearense por meio da caneta de Raimundo Girão"

3º Lugar  

Floriano Benevides de Magalhães Neto, Centro Universitário Internacional (UNINTER), com "Ensaio sobre a colonização, religiosidade e formação econômica do Ceará pela abordagem de Raimundo Girão".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340