Pular para o conteúdo principal

Solenidade na Reitoria marca 2000° transplante de fígado do Complexo Hospitalar UFC/EBSERH

 A equipe multidisciplinar de transplante hepático do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), do Complexo Hospitalar da UFC e da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), chegou à marca de 2.000 transplantes realizados. Para celebrar este feito, uma solenidade foi realizada na quinta (30), no auditório da Reitoria, como encerramento do Setembro Verde, mês de sensibilização para a doação de órgãos.

Imagem: Equipe multidisciplinar de transplante hepático do Hospital Universitário Walter Cantídio (Foto: Ribamar Neto/UFC)
Equipe multidisciplinar de transplante hepático do Hospital Universitário Walter Cantídio (Foto: Ribamar Neto/UFC)

Estiveram presentes o reitor e o vice-reitor da UFC, Prof. Cândido Albuquerque e Prof. Glauco Lobo, respectivamente; o superintendente do Complexo, Prof. Carlos Augusto Alencar Júnior; o chefe do Serviço de Transplante Hepático do HUWC e presidente da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, Prof. Huygens Garcia, além de autoridades, membros da equipe de profissionais de saúde e de pacientes transplantados. Na ocasião, os pioneiros nos transplantes de pâncreas/rins, fígado, coração, medula óssea e pulmão no Estado do Ceará foram homenageados.

Abrindo o evento, Huygens Garcia fez um resgate histórico remontando a 18 de maio de 2002, quando o primeiro transplante de fígado foi realizado no Ceará, no HUWC. Relatou as "dificuldades e conquistas ao longo dos anos da equipe que trabalha diuturnamente, salvando vidas e devolvendo ao convívio familiar e social os pacientes transplantados". Aproveitou para fazer um apelo à sociedade pela doação de órgãos. “Que no momento do luto, as famílias consigam dizer sim à doação”, disse. Para isso, explicou, é importante que todos manifestem aos parentes seu desejo de ser doador.

Assista à matéria da UFCTV sobre a solenidade:

Em sua fala, o Prof. Carlos Augusto Alencar Júnior ressaltou a visão do Complexo Hospitalar da UFC, de “ser a maior sala de aula do Norte e Nordeste”. Em 2012, o Hospital Universitário abriu o programa de Residência Integrada Multiprofissional em Atenção Hospitalar à Saúde, na área de concentração de transplantes. Desde então, 86 residentes de enfermagem, farmácia, fisioterapia, nutrição, psicologia e serviço social já foram formados nessa área.

Atualmente, outros 25 estão em formação. Em 2013, no ano em que o HUWC alcançava o posto de maior transplantador de fígado da América Latina, inaugurou na residência médica seus programas de transplante. Hoje, tem os programas de residência em transplante renal, criado em 2013; de medula óssea, em 2015, e de fígado, criado em 2017; neles já foram formados sete residentes e há uma em formação.

Imagem: A solenidade ocorreu no auditório da Reitoria (Foto: Ribamar Neto/UFC)
A solenidade ocorreu no auditório da Reitoria (Foto: Ribamar Neto/UFC)

Carlos Augusto manifestou seu orgulho de contar no quadro funcional com profissionais como o Prof. Huygens Garcia, em nome do qual estendeu os agradecimentos e admiração a todos os profissionais que ao longo dos anos têm feito do HUWC referência internacional no transplante hepático, bem como de outros órgãos. “Seja no ambulatório ou no centro cirúrgico, é na prática e no exemplo que eles dão sua maior lição de ensino e sua maior contribuição à saúde pública”, disse.

Na avaliação do reitor da UFC, Prof. Cândido Albuquerque, chegar a esta marca mostra a qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão da Universidade, além de ser motivo de orgulho para toda a comunidade acadêmica. “E esse é o papel da Universidade, estar integrada à sociedade da qual ela faz parte”, ressaltou. Ele destacou ainda outras conquistas da Instituição, como o desenvolvimento do capacete Elmo, importante ferramenta no tratamento de casos graves de covid-19 durante a pandemia.

O vice-reitor da UFC, Prof. Glauco Lobo, ressaltou ser “um marco histórico na Universidade”. Ele lembrou que esse trabalho começou quando foi iniciado o transplante renal – levando, depois, ao desenvolvimento das outras modalidades de transplante. “[A conquista de hoje] consolida o trabalho feito ao longo de 40 anos”, afirmou, enaltecendo a atuação de toda a equipe da área de transplantes do HUWC.

NOITE DE HOMENAGENS – Um dos pontos altos do evento comemorativo foi o reconhecimento ao legado dos pioneiros dos transplantes de órgãos no Ceará. Foram agraciados com placas de homenagem, recebidas das mãos do reitor Cândido Albuquerque: Prof. Antônio Lacerda Machado e Prof. Roberto Barreto Marques, responsáveis pelo primeiro transplante renal das regiões Norte e Nordeste do Brasil, no Hospital Universitário Walter Cantídio, em setembro de 1977; Prof. José Glauco Lobo Filho, atual vice-reitor da UFC, responsável pelo primeiro transplante cardíaco do Estado do Ceará, no Hospital Antônio Prudente, em fevereiro de 1993.

Imagem: Vice-reitor da UFC, Prof. Glauco Lobo, recebe placa de homenagem pelo primeiro transplante cardíaco do Estado (Foto: Ribamar Neto/UFC)
Vice-reitor da UFC, Prof. Glauco Lobo, recebe placa de homenagem pelo primeiro transplante cardíaco do Estado (Foto: Ribamar Neto/UFC)

Também foram agraciados: Dr. Ronaldo de Matos Esmeraldo, responsável pelo primeiro transplante de pâncreas e rim do estado do Ceará, no Hospital Geral de Fortaleza, em dezembro de 2009; Prof. José Huygens Parente Garcia, responśavel pelo primeiro transplante hepático do Estado do Ceará, no Hospital Universitário Walter Cantídio, em maio de 2002; Prof. Fernando Duarte Barroso, responsável pelo primeiro transplante de medula óssea do Estado do Ceará, no Hospital Universitário Walter Cantídio, em setembro de 2008; e Prof. Antero Gomes Neto, responsável pelo primeiro transplante de pulmão do estado do Ceará, no Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, em junho de 2011.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!