sábado, 4 de fevereiro de 2017

Sindicato dos Comerciários comemorou 30 anos de emancipação e homenageou Marisa Letícia

O Sindicato dos Comerciários de Fortaleza comemorou, com solenidade e confraternização na noite desta sexta-feira, 3 de fevereiro, seus 30 anos de emancipação. O evento foi marcado por uma homenagem a Dona Marisa Letícia, ex-primeira-dama do Brasil, falecida nesta sexta-feira, e por um ato de solidariedade ao ex-presidente Lula. Diversos ex-presidentes e ex-diretores e atuais dirigentes do Sindicato compareceram ao ato, além do deputado federal Chico Lopes, que recebeu da categoria reconhecimento por defender os trabalhadores do comércio desde antes da emancipação do Sindicato.

A data de 30 anos de emancipação é comemorada tendo como referência o contexto dos anos 80, quando o Sindicato era dominado pelos patrões. Até que os trabalhadores, após tentarem desde 1983, conseguiram vencer as eleições para a direção da entidade, que a partir dali seguiria na luta por diversas bandeiras dos comerciários, como a luta pela tarde de sábado livre e, posteriormente, em defesa da folga semanal aos domingos.

"A noite é de comemoração, mas não podemos deixar de fazer uma reflexão sobre como estão as coisas neste País. As pessoas estão se tornando violentas. Nunca pensei que o mesmo cristão que vai à missa todo domingo seria um dia capaz de comemorar na Internet a morte de uma pessoa", disse o deputado Chico Lopes, em referência às manifestações de ódio contra Lula e Marisa em redes sociais.

"A que ponto estamos chegando neste País, com perda de tantos direitos promovida por um presidente que tem 3% de popularidade. O movimento sindical precisa agir. Precisamos botar o bloco na rua e peitar esses caras", conclamou Chico Lopes. "A contradição de classe não acabou porque nós tivemos um operário no poder", acrescentou. "Agora o desafio e a luta são maiores do que na ditadura de 64", complementou.

Enviar

Deixe seu comentário: