quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Trabalhadores da rede privada da saúde fazem protesto nesta quarta-feira, 15/02, contra perda de direitos conquistados

Um ato será realizado nesta quarta-feira, 15/02, às 6h30 da manhã, no Hospital Antônio Prudente. A Convenção Coletiva de Trabalho está em negociação.

As negociações com os patrões do setor privado da saúde para a Convenção Coletiva de Trabalho vão de mal a pior. Na prática, o que os patrões estão querendo é antecipar mais uma medida do governo golpista, retirando direitos já conquistados, fazendo valer o negociado sobre o legislado, ou seja, rasgar a CLT e sacrificar os trabalhadores.

Enquanto o Sindsaúde propõe reajuste de 12% para todas as funções, os patrões da Rede Privada oferecem míseros 3,8% para os pisos e menos ainda, 3,5%, para quem ganha acima dos pisos salariais. Os índices não cobrem sequer as perdas com a inflação do período que foi de 6,58%. Pior ainda para os auxiliares de serviços gerais, serventes e zeladores, que, no que depender da vontade dos patrões, perdem o direito ao piso salarial e passam a ganhar o salário mínimo e nenhum centavo a mais.

Pacote de maldades dos empresários da saúde
·         Fim da ascensão de auxiliares para técnicos de enfermagem
·         Fim da dispensa para acompanhamento de filho ao médico
·         Fim da dispensa para consultas de pré-natal e redução da estabilidade da gestante após o retorno da licença maternidade de 90 para 30 dias
·         Redução de dispensas para prevenção ao câncer de dois para um dia
·         Dificultar o acesso ao adicional de estímulo de 2,5%, com exigências
·         Congelamento dos valores do Auxílio Creche, Auxílio Babá e Auxílio Funeral Sindsaúde convoca trabalhadores à resistência!
Agenda de lutas

Quarta-feira, 15/02, às 6h30, no Hospital Antônio Prudente(Rua João Lobo Filho – por trás da Aguanambi)
Quinta-feira, 16/02, às 8h30,  na Clínica Omnimagem (Tristão Gonçalves, 1349), e às 9h30, em frente à SRTE, Rua 24 de maio, ao lado da Praça da Estação, às 9h30.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará

Enviar

Deixe seu comentário: