sexta-feira, 31 de março de 2017

Edifício BS Design inicia construção da ponte de ligação entre as duas torres




O edifício BS Design Corporate Towers, em construção pela BSPAR Incorporações desde 2015, está iniciando mais uma etapa das obras: a estrutura metálica de interligação entre as torres Norte e Sul, um dos principais diferenciais do projeto arquitetônico do prédio. O BS Design é o primeiro empreendimento de Fortaleza com conceito A+, que reúne o mais alto nível de tecnologia, segurança e conforto. O edifício é uma idealização do empresário Beto Studart e conta com o traço arquitetônico inovador de Daniel Arruda. Nesta fase, a construção do BS Design está gerando 450 empregos diretos e mais de 1300 indiretos, com um investimento até o momento de cerca de R$ 97 milhões. Até a entrega do empreendimento, em 2019, serão gerados, ao todo, 600 empregos diretos e outros 1800 indiretos. 

Com cerca de 35% de obras concluídas e 80% comercializado, já foram finalizadas as etapas de escavações, fundações e construção das lajes do subsolo. As duas torres estão em fase avançada de construção, com cinco pavimentos de subsolo, um Mall, onze pavimentos privativos na Torre Sul e oito pavimentos na Torre Norte concluídos. Agora chegou a vez de dar início a ponte que fará a ligação das torres. Para se ter ideia do tamanho da obra, já foram utilizadas 50 mil toneladas de concreto, quantidade equivalente ao preenchimento de oito piscinas olímpicas. Além disso, para a estrutura metálica, já foram usados 300 de 1350 toneladas de aço previstas.  Na estrutura de concreto, foram utilizadas 1900 toneladas de aço (vergalhão). Já foram retiradas 13 mil carradas de escavação, material que foi reutilizado na construção da CE-010, em Sabiaguaba.

Aspectos ambientais
A sustentabilidade é um dos pilares da BSPAR e não poderia ser diferente no BS Design. A preocupação com o meio ambiente existe desde os primeiros rascunhos do projeto, tanto que, hoje, o empreendimento é pré-certificado com o selo Leed (Leadership in Energy and Environmental Design Liderança em Energia e Projeto Ambiental), que orienta e atesta o comprometimento de uma edificação com os princípios da sustentabilidade para a construção civil e é concedido pela Organização Não Governamental (GNG.) americana U.S. Green Building Council (USGBC).

Na etapa de construção, algumas ações já estão sendo executadas: há lava-rodas para evitar que os caminhões transfiram resíduos da obra para as vias públicas, também um lava-bicas, para evitar que os caminhões betoneiras sujem as vias com restos de concreto, além de umidificação das vias de circulação dentro do canteiro a fim de conter a poeira, proteção dos taludes. O BS Design também faz grande aproveitamento da iluminação e ventilação naturais, assim como o reaproveitamento da água produzida pelos aparelhos de ar-condicionado na irrigação das áreas verdes.

Já o projeto contempla iniciativas como o uso de vidros reflexivos de alta performance nas fachadas para maior incidência de luz, isso permitirá eliminação do calor por conta da racionalização do uso de luz e de ar-condicionado. O empreendimento também vai disponibilizar ainda vagas exclusivas para carros elétricos e espaço destinado para a coleta seletiva de resíduos. Outro ponto sustentável é a automação para controle de iluminação de fachadas, iluminação de áreas comuns, pressurização e acionamento das bombas d’água. Os Jardins também serão irrigados automaticamente, com racionalização do uso de água pelo condomínio.

Planejamento
O planejamento de execução das obras do BS Design foi pensado com mais de 20 meses de antecedência, visto que o local da obra tem trânsito intenso e está próximo a um hospital. Por essa razão, todas as etapas envolveram diversos especialistas em movimentação e transporte de terra, planejamento de obra de grande porte, além da utilização de recursos como o BIM (Buiding Information Model), processo que viabiliza a tomada de decisões nas etapas iniciais do projeto, avaliando as melhores alternativas, bem como o uso de maquetes eletrônicas.

Impactos
Uma das prioridades do BS Design é mitigar os impactos no entorno do empreendimento. Com relação à mobilidade urbana, todo o trânsito de caminhões é feito durante o período da noite, entre 20:00h e 5:00h. Outro cuidado é com relação ao barulho. O transporte de terra foi feito apenas por veículos credenciados pela Emlurb (vistoriados pelo Inmetro), que retiram todos os sinais sonoros, minimizando o barulho. Ainda nesse sentido, outra ação é a realização periódica de medições de ruídos sonoros, garantindo que o trabalho seja feito com ruídos dentro dos índices de tolerância permitidos.
 
No tocante ao bloqueio temporário de trechos de ruas no entorno da obra, sempre que é preciso fazê-lo, os moradores são avisados com antecedência e todos os detalhes são divulgados nas redes sociais da BSPAR. Todos os bloqueios são feitos em comum acordo com os órgãos públicos responsáveis.

Método Construtivo
O BS Design terá duas torres e 21 pavimentos, onde serão distribuídas 708 salas comerciais e 18 lajes corporativas, com áreas que variam de 22m² a 326m². Para tanto, o empreendimento foi planejado utilizando o Building Information Model (BIM), metodologia inovadora que simula todo o processo de construção, possibilitando a compatibilização de todos os projetos. Durante a fase de escavações, a obra utilizou escavadeiras hidráulicas de 36 e 50 toneladas. Para se ter ideia, o modelo comumente utilizado para obras do porte do BS Design é a de 20 toneladas, ou seja, o trabalho de escavações foi feito em um período muito mais curto.

O sistema de contenções periféricas é um dos mais modernos do Brasil, foi utilizado nos principais prédios comerciais do país (Torre Matarazzo, São Paulo Corporate Towers, Pátio Malzoni, Birmann 32, Parque da cidade - Office, todos em São Paulo). A alta performance estrutural e arquitetônica permite deixar consolidado o desenho dos subsolos,  que consiste em painéis de concreto com 3,20 m de comprimento, 50 cm de espessura e 20 m de profundidade. Elas serão executadas com auxilio de três guindastes de 80 toneladas.

Diferenciais do empreendimento
O BS Design é um empreendimento único. As áreas comuns do empreendimento contarão com automatização de iluminação e lâmpadas e luminárias de baixo consumo e alto rendimento tipo LED e fluorescente T5, garantindo maior eficiência energética. Já os elevadores são de altíssima performance, com sistema de antecipação de chamada e de geração de energia regenerativa, reduzindo o consumo de energia próprio. Serão 25 elevadores no total, sendo 18 sociais e climatizados, com velocidade de 180 metros por minuto.

O empreendimento contará ainda com sistema de extração de fumaça em todos os pavimentos. Dois Porte cochères com acesso para dois veículos em paralelo facilitarão o embarque e desembarque, buscando evitar congestionamento das vias do entorno. Serão disponibilizadas 1527 vagas de tamanho diferenciado nos cinco subsolos de estacionamento e um heliponto com sala Vip ambientada. Haverá também um skylounge – área privativa na cobertura para descanso e uso dos salistas.

Com a fachada inspirada em uma vela de jangada, halls sociais ambientados com móveis assinados por grandes designers, espelhos d’água e sky walk, o empreendimento promete revolucionar o mercado imobiliário, também por sua inovação em design arquitetônico. Tudo que envolve o projeto do BS Design está sendo executado com o que há de melhor já aplicado em empreendimentos imobiliários no Brasil. Ele será, sem dúvidas, referência mundial, envolvendo qualidade, segurança, conforto, tecnologia de ponta e sustentabilidade.
Enviar

Deixe seu comentário: