quarta-feira, 24 de maio de 2017

Iraguassú Filho enaltece aprovação do projeto que prioriza na rede de saúde pública e privada os atendimentos aos portadores de diabetes

Nesta terça-feira (23) na Câmara Municipal de Fortaleza, o vereador Iraguassú Filho (PDT) falou sobre a aprovação em redação final do Projeto de Lei 199/2016 subscrito por ele e de autoria do ex-vereador Iraguassú Teixeira, que dispõe sobre a prioridade no atendimento aos portadores de diabetes em clínicas, laboratórios, hospitais da rede pública e privada do Município de Fortaleza. O projeto segue aguardando sanção do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. 

"É com muita satisfação que anuncio a aprovação do projeto de autoria do vereador Iraguassú Teixeira, meu pai, e que nós subscrevemos em 2017. O próximo passo será o diálogo com o prefeito Roberto Cláudio, o líder Ésio Feitosa, aqui na Câmara Municipal e a Procuradoria Geral do Município (PGM) para que todos tenham a sensibilidade em fazer a sanção do projeto que tem um grande alcance social. O paciente portador do diabetes necessita de um atendimento diferenciado principalmente na realização de exames, seja nos postos de saúde ou clínicas particulares", destacou Iraguassú Filho. 

Os exames laboratoriais possuem períodos definidos de jejum para a coleta que variam de 8 a 12 horas. No caso de pacientes diabéticos, o jejum prolongado pode ser muito danoso em razão da hipoglicemia, sobretudo com a espera excessiva nos atendimentos laboratoriais. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, considera-se hipoglicemia quando os níveis de glicose no sangue ficam abaixo de 60 mg/dL. A hipoglicemia é a complicação mais frequente para pacientes com diabetes que utilizam medicamentos, sejam eles comprimidos ou insulinas. 

"É o momento de celebrar essa conquista e reforçar o diálogo com as associações voltadas aos pacientes com diabetes do nosso município. E vamos junto ao Executivo fortalecer essas ações nos equipamentos de saúde públicos e privados", encerrou.

Enviar

Deixe seu comentário: