quinta-feira, 3 de agosto de 2017

II Ecléticos Livre Festival acontece nos dias 26 e 27 de agosto, no Parque do Cocó, e anuncia atrações confirmadas

Em sua 2ª edição, o Festival agrega shows de artistas locais e nacionais, ações formativas e também promove reflexão de temas transversais como sustentabilidade, acessibilidade e mobilidade urbana

A segunda edição do Projeto Ecléticos Livre Festival vai acontecer nos dias 26 e 27/08 (sábado e domingo), de 15h às 21h, no Parque do Cocó, em Fortaleza. O evento plural e eclético, como o nome mesmo sugere, conta com a parceria da Enel, apoio institucional da  Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará, apoio da Cagece, coprodução da lluca Design de Ideias, realização da WM Cultural e apoio cultural do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Cultura. Com acesso gratuito, o festival tem como temática este ano a “Música, Criatividade e Cultura Digital”, apresentando estéticas musicais para os mais variados gostos.

O “Ecléticos” tem como proposta, a renovação e  ressignificação da relação com o espaço urbano, com a cidadania, com a formação de novas plateias e com a valorização da cultura cearense, tendo como diferencial o diálogo com temas transversais como meio ambiente, ações de consciência ambiental e atividades voltadas à sustentabilidade, acessibilidade e mobilidade urbana. 

As atrações Jaloo (PA) e Jesuton (UK) já estão confirmadas e fazem show dias 26 e 27, respectivamente. Uma banda de rock do sul do Brasil, uma cantora e um cantor, ambos cearenses, vão apresentar um show exclusivo nesta edição do Ecléticos, contextualizando diferentes gêneros e ritmos de forma sintética, contando com um repertório diversificado, a partir de músicas autorais e versões do saudoso Belchior. Um show provocante e vigoroso. Dividem o palco para esta homenagem: Banda Cadillac Dinossauros (PR), Daniel Peixoto (CE) e Jord Guedes (CE).
A banda que animou as micaretas e carnavais cearenses nos anos 90 está de volta. Pimenta Malagueta se apresenta no sábado (26) com os clássicos do axé.  Ainda no  mesmo dia tem a participação do DJ Léo Teruz.

No domingo (27), é a vez da Banda Soulpop (CE) e da DJ Beth Silvério. Uma troca musical interessante. Mel Mattos (CE), que lançou recentemente o álbum Démodé?! e o clipe do single “Pensando Só” ganhou repercussão nacional em um dos maiores canais especializados em indústria musical, o Billboard Brasil, também conhecido como “A Bíblia da Música”, convida  Daniel Groove (CE). 

O cantor e compositor teve seu álbum Giramundo eleito o melhor de MPB no Prêmio Dynamite 2014. As Canções e as referências de Groove, assim como as de Mel Mattos, são um mosaico de várias vertentes da música brasileira e passeia pelo rock, pelo brega e pela MPB.  Esse encontro musical será também uma maneira de reverenciar a nova MPB 'made in ceara'. 

Todas as ações terão acesso facilitado, censura livre e serão gratuitas. A ocupação pública do Parque do Cocó será garantida pela oferta de transporte gratuito, em parceria com a  Rede Cuca, com duas rotas durante os dois dias de evento: uma saindo do Cuca Barra e outra do Cuca Mondubim, passando pelo Cuca Jangurussu, com destino ao evento.

O Projeto Ecléticos já conquistou seu público cativo. Prova disso é o expressivo número de oito mil participantes da primeira edição e a adesão e empatia da população e da mídia local. Segundo o organizador, William Mendonça, o festival tem como objetivo consolidar, na medida em que dá início à integração desses vários equipamentos culturais e sociais, a criação e ocupação de forma plural e eclética. “A meta é trabalhar a acessibilidade, mobilidade e sustentabilidade na cidade, atraindo público para reflexão e para a atitude de  responsabilidade social, tendo como  proposta um  grande encontro de artistas e plateias de diferentes estéticas da música brasileira”, declara.

Em breve será divulgada a programação completa do evento, incluído ações formativas.


Sobre o Ecléticos Livre Festival

O nome “eclético” quer dizer  “aquele que é partidário de diversas formas de conduta ou opinião, aquele que aprecia diversos tipos de música, de comidas, de leituras etc. É aquele que é partidário do ecletismo. É um termo de origem grega "eklekticós", que significa aquele que escolhe. O evento  propõe fortalecer os espaços de multiconvivência através da fruição cultural, por isso, a escolha do Parque do Cocó, revitalizado pensando para a acessibilidade; mobilidade urbana, e oferecendo rotas de ônibus totalmente gratuitas  para o público.
O projeto resulta artisticamente na troca de saberes e do conhecimento estético, na democratização do acesso às diferentes camadas da população; na difusão da cultura de diferentes povos e regiões, na fruição entre artistas e plateia. No estímulo à produção cultural local, a difusão dos produtos de outros territórios, a cooperação ente os artistas brasileiros e estrangeiros e órgãos institucionais para o desenvolvimento de uma proposta plural e democrática. As ações visam programar espetáculos e oficinas que estimulem a liberdade criativa, que proporcione espaço para as diversas identidades e manifestações culturais, que fortaleça a promoção e difusão artístico-cultural de diversos povos contribuindo para democratização do acesso ao patrimônio material e imaterial.



Serviço:
II Ecléticos Livre Festival – Música l Criatividade l Cultura Digital
Data: 26 e 27 de agosto de 2017
Local: Parque do Cocó
Horário: 15h às 21h
Enviar

Deixe seu comentário: