quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Blog viu - Filme Mãe de Darren Aronofsk mexe com sua mente e pensamentos






Estreia nesta quinta-feira, dia 21 de setembro, nos cinemas da Rede Centerplex em Fortaleza e Maranguape o filme Mãe, dirigido e escrito por Darren Aronofsky. O filme é mais um "louco" da cinematografia composto por Réquiem para um Sonho,  Fonte da Vida, O Lutador e  Cisne Negro. O Blog conferiu o filme em primeira mão nesta terça-feira à convite da Vogal Assessoria de Comunicação .

Em duas horas e duração, o filme estadunidense de terror psicológico e suspense é estrelado pela bela Jennifer Lawrence, o belo espanhol Javier Bardem, a experiente atriz Michelle Pfeiffer e Ed Harris. A história mostra um casal tem o relacionamento testado quando pessoas não convidadas surgem em sua residência acabando com a tranquilidade reinante. A residência está  em reconstrução. A relação do casal também.

 A personagem feita por Jennifer Lawrenge ganha a empatia de quem assiste do começo ao fim. Apesar de demostrar algumas atitudes em clima e pressão que beiram pecados capitais. Demostra posse, ciúme, avareza, ódio entre outros sentimentos ruins da humanidade depois que a " sua" casa é invadida.

Javier Bardem é um magnífico poeta que vive no pensamento do compartilhamento, quase comunista. Só faltou sugerir um relacionamento aberto com a esposa possessiva. Contudo, a personagem de Javier não convence. Não toma decisões e vive no mundo da fantasia, da fama e do fanatismo.

O filme não desenvolve os assuntos polêmicos que instiga. Mostra muitas cenas impactantes. Ou seja choque por choque. Toca em temas bíblicos da criação ao apocalipse.É mais bíblico que o filme Noé pelo qual mostra um mundo devastado pelo pecado aonde um mata o outro. 

Os temas tocados no filme são machismo disseminado pelas mulheres, fanatismo religioso, seitas e se der até você percebe uma reflexão de conflitos religiosos e territoriais no mundo.

É um filme intenso, instigante. Tem horas que lembra filmetes da série The Black Mirror. Divide-se em atos e os nomes das personagens não são em vão.

Saímos filme com um nó na cabeça e depois com dor de cabeça. O filme impacta na sua mente e nas suas crenças e assim cumpre o seu papel de instigar. Mesmo que seja da violência pela violência. Vale a pena assistir.


Estutura Centerplex

Em 2016, depois de inaugurar complexo no Grand Shopping, em Messejana, a rede reinaugurou as salas de cinema do Via Sul Shopping. O investimento na ordem de R$1,8 milhão trouxe como inovação o conceito de sala Mega. Além da MEGA, a rede entregou as demais salas completamente reformadas e aplicação de nova comunicação visual. Foi aplicado ainda o conceito exclusivo de Ingresso & Pipoca, com filas integradas, proporcionando mais rapidez na compra de produtos da bomboniere, além da instalação de terminais de autoatendimento.

Com 35 anos de história, a rede Centerplex Cinemas tornou-se uma das maiores exibidoras cinematográficas do Brasil. Hoje, são mais de 70 salas espalhadas pelos estados de São Paulo, Minas Gerais, Ceará, Alagoas, Paraíba e Pernambuco.  Além do Complexo no Via Sul Shopping, a rede conta no Estado com salas no Grand Shopping, North Shopping Maracanaú e Maranguape Shopping Mall. 
Enviar

Deixe seu comentário: