sábado, 2 de setembro de 2017

Ecoenel inaugura dois novos postos em setembro


O Ecoenel, programa de sustentabilidade da Enel Distribuição Ceará que troca resíduos sólidos por bônus na conta de energia, inaugura dois novos postos em setembro, na praia de Cumbuco, no município de Caucaia, e em Canindé.

A primeira inauguração ocorre no dia 04 (segunda), no Centro de Apoio ao Turista de Cumbuco (Av. dos Coqueiros, s/n). A unidade – terceira em Caucaia – funcionará de segunda a sexta, de 08h as 12h A unidade funcionará em parceria com a Associação Comunitária do Cumbuco e Prefeitura Municipal de Caucaia através da Secretaria de Turismo e Cultura, da Secretaria de Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte e do Instituto de Meio Ambiente de Caucaia – IMAC.  Já no dia 18 (segunda), Canindé ganhará seu primeiro ecoponto fixo. A unidade funcionará de segunda a sexta de 7h30 as 17h e aos sábados, de 7h30 as 12h30, na Rua Raimundo Alcoforado, nº 72, bairro Alto Guaramiranga. O ecoponto funcionará em parceria com Canindé Reciclagem e a Associação de Preservação da Natureza e Cultura Popular – APRENAC.

O Ecoenel inovou ao propor troca de resíduos recicláveis por descontos na conta de energia. Em atuação desde janeiro de 2007, o programa possui atualmente 464.765 clientes cadastrados, já contabilizou mais de 28.977 toneladas de resíduos e concedeu mais de R$ 4,56 milhões em bônus na conta de luz. Somando as novas unidades, o projeto passará a contar com 154 postos fixos e móveis, em 35 municípios cearenses.

Para aderir à iniciativa e trocar resíduo reciclável por bônus na conta de energia, qualquer cliente pode solicitar o cartão Ecoenel nos postos de coleta do programa. Com o cartão, basta o cliente levar o resíduo reciclável ao posto de coleta e registrar os bônus para sua próxima fatura de energia, ou para outra unidade consumidora que ele indique. O cartão corresponde à unidade consumidora para a qual o cliente quer creditar o desconto. Quando o consumidor leva resíduos recicláveis a um posto de coleta, os resíduos são pesados separadamente por tipo.  A informação é computada em uma máquina de processamento de dados e, via web, o valor é creditado na conta de energia, de acordo com a categoria do resíduo coletado. A próxima fatura já virá com o desconto. Caso o valor da bonificação seja superior ao total da conta, o excedente é creditado automaticamente na fatura seguinte.

Latas de bebida, copos, garrafas de plástico e livros velhos: todos esses materiais podem ser reciclados. E não apenas materiais sólidos. O óleo de cozinha, utilizado nas frituras da cozinha, é um resíduo que também pode ser doado e reutilizado. A relação completa dos ecopontos, tabelas de preços e acompanhamento online das coletas pode ser consultada através do aplicativo Ecoenel (disponível para smartphones dos sistemas Android ou iOS) ou pelo site www.ecoenel.com.br.

Por seus resultados, o Ecoenel já recebeu reconhecimentos nacionais e internacionais. Os mais recentes foram o Prêmio FIRJAN de Ação Ambiental promovido pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro e a participação no Knowledge Week promovido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington, nos Estados Unidos. Ficou entre os 3 finalistas do Prêmio Nacional de Inovação em 2013 e o prêmio ODM Brasil que incentiva ações, programas e projetos que contribuem efetivamente para o cumprimento dos objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Entre outros, pode-se citar que foi eleito, pela revista Exame em conjunto com o Monitor Group, uma das 25 melhores inovações brasileiras da última década e foi um dos dez ganhadores do World Business and Development Awards (WBDA), premiação da Organização das Nações Unidas (ONU), como um dos projetos mais importantes quanto ao seu alinhamento com os princípios do Pacto Global, estando entre os 20 mais relevantes no mundo. Além disso, foi eleito em 2015 como um dos mais importantes projetos da América Latina alinhado aos princípios do Pacto Global (United Nations – Global Compact) e reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente como Prática de Referência Ambiental.

Enviar

Deixe seu comentário: