sábado, 23 de setembro de 2017

SEMA reúne Defesa Civil, PM e Bombeiros para combate e prevenção de incêndios

A ocorrência de incêndios florestais é atualmente considerada como uma das grandes ameaças à biodiversidade e como um dos principais problemas de degradação ambiental das Unidades de Conservação (UCs), além de causar aumento da poluição do ar e afetar a saúde da população.

Frente a este quadro, a Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) reuniu o Corpo de Bombeiros; Núcleo do Corpo de Bombeiros do interior; a Coordenadoria da Defesa Civil do Estado e a Polícia Militar Ambiental (BPMA) para sistematizar as ações preventivas e definir os procedimentos, rotinas e estratégias para o combate ao fogo. A SEMA já coordena, desde 2004, o Programa de Prevenção, Monitoramento, Controle de Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais (PREVINA) cujo objetivo é subsidiar o governo na formulação de políticas públicas de promoção e desenvolvimento de ações para o combate aos incêndios florestais no âmbito estadual.

A fiscalização de queimadas e incêndios florestais ocorre durante o ano todo, com maior atenção nos últimos meses, como prevenção, serão desenvolvidos cursos para divulgar medidas preventivas, esclarecendo a população sobre os riscos e prejuízos causados pelos incêndios e queimadas. Além de formar novos brigadistas para planejar, integrar e executar ações de combate a incêndios florestais e fortalecer o combate do fogo em UCs. 

Para o secretário do Meio Ambiente, Artur Bruno, o curso e as parcerias terão um papel fundamental na formação para auxiliar no combate aos incêndios em UCs: “Nós acreditamos que vamos formar pessoas capazes de nos auxiliar a produzir e elaborar políticas e estratégias para melhorar a atuação contra este problema que enfrentamos todos os anos”

Estiveram presentes à reunião: Coronel Cleyton Bezerra, Coordenador Estadual da Defesa Civil; Coronel Heraldo Maia, Comandante do Corpo de Bombeiros; Ten. Coronel Ronaldo Roque, - do núcleo do Corpo de Bombeiros do interior; Ten. Coronel Ricardo Mota, Comandante do Batalhão da Policia Militar Ambiental; além dos técnicos da SEMA Guilherme Barroso e Lucas Silva.

alt
Enviar

Deixe seu comentário: