sábado, 25 de novembro de 2017

Jazz em Cena apresenta sábado, 2/12, no CCBNB, show inédito Tributo a Jaco Pastorius, com Miqueias dos Santos. Entrada franca


Um dos maiores nomes da cena musical cearense, o contrabaixista Miqueias dos Santos apresenta no Jazz em Cena, no Centro Cultural Banco do Nordeste, sábado, 2/12, às 19h, com entrada franca, um show inédito, especialmente preparado para o projeto: Tributo a Jaco Pastorius. Uma homenagem ao grande mestre do baixo elétrico, considerado por muitos um dos maiores instrumentistas de todas as épocas no jazz.

Contrabaixista, compositor e produtor musical reconhecido por músicos de todo o Brasil, Miquéias dos Santos é um dos nomes de maior destaque de nosso cenário artístico. Integra o grupo Marimbanda, referencial para a música instrumental, de abordagem jazzística na improvisação e de cores bem brasileiros na composição dos temas. Também integrou o grupo Timbral, que se destacou em festivais e apresentações, tendo gravado um CD e um DVD.

A convite do Jazz em Cena e do Centro Cultural Banco do Nordeste, Miquéias dos Santos preparou um show inédito para este primeiro sábado de dezembro. Uma homenagem a John Francis Anthony Pastorius III, ou simplesmente Jaco Pastorius (1951-1987), que foi influenciado por mestres como James Jamerson e Paul Chambers e estreou em disco ao lado de ninguém menos que Pat Metheny, em 1974. 

Em 1977, já integrando o famoso grupo Weather Report, lançou um dos discos mais célebres do jazz fusion, "Heavy Weather". Nos anos 80 formaria o grupo Word of Mouth, atingindo grande sucesso com o disco de mesmo nome, lançado em 1981, incluindo participações de nomes como Herbie Hancock e Wayne Shorter. Foi homenageado por outro grande baixista, Marcus Miller, com a composição "Mr. Pastorius".

Agora, Jaco recebe a homenagem de Miquéias dos Santos e de outros grandes nomes da cena cearense: Thiago Almeida (piano), já companheiro do contrabaixista na Marimbanda e assíduo no projeto Jazz em Cena, tendo participado de homenagens a lendas como Dave Brubeck, John Coltrane, Thelonious Monk e Charlie Parker; e Denilson Lopes (bateria), também nome de larga trajetória no cenário cearense e no jazz, tendo apresentado espetáculos em tributo a mestres como Elvin Jones e Miles Davis, também no Festival Jazz & Blues Guaramiranga.

Mais sobre o Jazz em Cena

Entre os objetivos do projeto "Jazz em Cena" estão contribuir para atender a grande demanda de público por mais shows de jazz em Fortaleza, apresentar a novos ouvintes a obra de grandes mestres da música, ressaltar o talento, a criatividade e o virtuosismo dos instrumentistas cearenses, de grande produção autoral, mas também capazes de recriar, a seu modo, trabalhos musicais históricas por sua beleza e sua importância.

O novo projeto se soma a outros que vêm sendo mantidos na capital cearense, como o Ceará Jazz Series, realizado desde 2015 no Teatro Dragão do Mar, o tradicional Festival Jazz & Blues (promovido em Guaramiranga e Fortaleza desde 2000), o Jeri Choro Jazz(desde 2009), os festivais instrumentais do Centro Cultural Banco do Nordeste e os shows promovidos em diversas casas noturnas, bares, restaurantes, teatros, centros culturais e espaços alternativos, formando uma rede crescente de opções para o público amante do jazz, com produções se ampliando ao longo de todo o ano. 

O Centro Cultural Banco do Nordeste fica na Rua Conde D´Eu, 560, Centro de Fortaleza. Todos os shows do Jazz em Cena têm entrada franca.

Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.