terça-feira, 14 de novembro de 2017

Warner não faz Justiça com os jornalistas obrigando que assinassem um termo para que não divulguem crítica do filme "A Liga da Justiça" antes do tempo

O Blog Ceará é Notícia é apreciador da sétima arte. Em parceria com o UCI Cinemas, assistimos a filmes nacionais e internacionais. Já sorteamos ingressos de cinema com diversos parceiros. O mais recente a H20 Filmes do Recife.

Participamos de Cabines de Imprensas promovidas por vários estúdios e produtores de filme, tanto na Rede Centerplex, Cinépolis, no próprio UCI ou no Dragão do Mar. 

As cabines de imprensa servem para que os jornalistas ou influenciadores de opinião assistam ao filme antes para que possam escrever resenha sobre os mesmos e assim despertar o interesse do público.

Ultimamente são feitas cabines de imprensa com filmes que julgam acredita que não devam atrair tanto público. Mas, de vez em quando, chamar para filmes de grandes bilheterias.

Como é caso dos jornalistas que foram chamados para ver hoje o filme a Liga da Justiça.

Ao final do filme de forma surpreendente ficaram sabendo que só podiam divulgar as resenhas depois das 6h da manhã desta quarta-feira, (15/11), depois da pré-estreia em cinemas de todo do Brasil na madrugada. Tiveram que assinar um termo de embargo ou sigilo do material e tudo até o horário combinado.

Ao nosso ver, uma atitude sem noção. Até porque já se divulgou resenhas muito antes de outros filmes. Se não quisessem que os jornalistas soltassem alguma novidade do filme, antes do tempo, que não convidassem. 

Alguns críticos de cinema locais dizem que a decisão foi para as cabines de imprensa com jornalistas de todo país.

De duas, uma: ou o filme deve ser muito ruim para que eles tenha medo de divulgação antecipada. Aliás o publico que verá na madrugada vai divulgar as novidades porque temos redes sociais online e imediatas. O que invalida o trabalho dos jornalistas como formadores de opinião.

Ou o filme é muito bom para tanto preciosismo.

Por falar no filme, um crítico de cinema já adiantou um spoiler: o cabelo da Mulher Maravilha não se mexe de jeito nenhum. Nem a pau e nem a bala.

Lição para Warner: se o filme é de tão destaque e já vendo por si só, para que chamar jornalistas?
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.