quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Adolescentes atendidas no Hospital César Cals terão confraternização

alt

Os encontros mensais, sempre às quintas-feiras, do Núcleo de Assistência à Saúde da Adolescente (NASA) do Hospital Geral Dr. César Cals, da rede pública do Governo do Estado do Ceará, serão encerrados com uma tarde de confraternização que vai reunir profissionais, pacientes, familiares e parceiros do núcleo, na quinta-feira, 7, às 14h. A tarde festiva será no Auditório II do Centro de Estudos, que fica no Ambulatório do HGCC, na Avenida Imperador, 372.

“O período é propício para refletirmos e comorarmos nossas conquistas e realizações”, diz Jakelina Nogueira, enfermeira do Núcleo. Além de ser um momento de confraternização vai serão feitas homenagens aos profissionais que se destacam em sua atuação durante o ano e que contribuem para o desenvolvimento das ações do núcleo, como o Projeto Sorriso, da Universidade Federal do Ceará.
 
De acordo com Jaquelina, várias gestantes foram convidadas, bem como parceiros e outros familiares. Ao todo, devem participar 40 adolescentes de um momento todo especial pensado e preparado com muita atenção, que vai contar com um ambiente todo decorado para receber os convidados, lanche, teatro e brincadeiras para os filhos pequenos. No espaço da beleza, as adolescentes serão maquiadas por estudantes do curso de Estética e Cosmética da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). No evento, ainda haverá a conversa profissional sobre planejamento familiar.
 
As adolescentes acompanhadas pelo NASA são referencias via Unidades de Pronto Atendimento, Postos de Saúde e por demanda espontânea a partir de uma classificação de acordo com o perfil de alta complexidade do HGCC das gestantes que são encaminhadas e atendidas tanto em relação ao pré-natal quanto em relação ao planejamento familiar. Por mês, é realizada uma média de 100 atendimentos.
 
O Núcleo iniciou as atividades, com projeto, no ano de 2012, e é um suporte a mais para a adolescente gestante, pois proporciona um acompanhamento intensivo, com a participação de obstetra, enfermeira e psicóloga. Além disso, há a colaboração nas atividades de outros profissionais como fisioterapeuta, terapeuta ocupacional e nutricionista. Por está no inserido no serviço do ambulatório de especialidades, a gestante, nos casos necessários, recebe todos os cuidados em outras áreas clínicas. O número de participantes varia e, em cada reunião a média é de 40 participantes.

 
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.