domingo, 24 de dezembro de 2017

Prefeitura de Fortaleza inicia sinalização especial de ciclorrotas no bairro Vila Manuel Sátiro



A Prefeitura de Fortaleza inicia o serviço de sinalização para implantar uma rede de 2,6 km de ciclorrotas no bairro Vila Manuel Sátiro (Regional V). A iniciativa faz parte do projeto do Binário implantado na região em agosto desse ano, envolvendo diretamente as ruas Fernando Faria de Melo e Delta, além de outras vias no entorno. Com ações como esta, a atual gestão municipal bateu um recorde histórico, ampliando em 224% a rede cicloviária na cidade.

Coordenados pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Gestão Cicloviária do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), os trabalhos são executados em parceria com a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e a Regional V.

Esta nova rede de 2,6 km de ciclorrotas no bairro Vila Manuel Sátiro será distribuída por três vias, sendo elas a Rua Dr. João Amora, entre as ruas Cônego de Castro e Manuel Sátiro (1,3km); a Rua Albano Amaral, entre as ruas Santa Liduína (Av. Perimetral) e Manuel Sátiro (1,1 km); e a Rua Manoel Sátiro, entre as ruas Albano Amaral e João Amora (0,2 km). Com isso, as ciclorrotas irão conectar a ciclofaixa existente na Rua Fernando Faria de Melo com a futura ciclofaixa da Av. Perimetral, a ser implantada a partir de janeiro, e com a estação de metrô existente no bairro.

As ciclorrotas seguem as diretrizes recomendadas na resolução 550/2015 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e são compostas por pictogramas vermelhos pintados no asfalto, identificando área para ciclistas, e placas de advertências para motoristas. A sinalização especial de ciclorrota chama a atenção dos condutores para reduzirem a velocidade e respeitarem o deslocamento de ciclistas na região. As ciclorrotas são infraestruturas cicloviárias implantadas em ruas locais, onde existe baixo fluxo de veículos motorizados e baixa velocidade desenvolvida por esses veículos, não sendo necessário, portanto, separar uma faixa exclusiva para bicicletas, como é feito no caso das ciclofaixas.

Estas ciclorrotas surgem com o propósito de conscientizar os motoristas de veículos motorizados quanto à necessidade de respeitar os ciclistas, assim como os pedestres também, promovendo assim a sua segurança e o bom convívio entre todos. Além disso, as novidades buscam estimular os ciclistas a utilizarem estas vias.

Na ocasião da entrega do Binário da Vila Manuel Sátiro, ocorrido em agosto deste ano, também foi implantada uma ciclofaixa bidirecional com 1,3 km na Rua Fernando Faria de Melo, entre as ruas São Lázaro e Cônego de Castro. Dessa forma, com a conclusão das novas ciclorrotas, os ciclistas que circulam pela Vila Manuel Sátiro agora terão à disposição mais 3,9km de espaço seguro para ir e vir no bairro.

Fortaleza já contava com cerca de 1,4 km de ciclorrotas, estando distribuídas pelas ruas Nunes Valente (0,1 km), Duarte da Costa (0,6 km), Manuel Sátiro (0,5 km) e Eduardo Araújo (0,2 km). Com as novas infraestruturas na Vila Manuel Sátiro, agora são 4 km de ciclorrotas em Fortaleza, distribuídas pelos bairros Messejana, Parque Santa Rosa, Vila Manuel Sátiro e Aldeota.

Expansão
Em breve, as próximas ciclorrotas a serem implantadas na cidade serão nas avenidas Perimetral e Presidente Castelo Branco (Leste-Oeste).

Malha Cicloviária em Fortaleza
Com o Programa de Expansão da Malha Cicloviária em amplo desenvolvimento, a Prefeitura de Fortaleza, somente no período da atual gestão, bateu um recorde histórico, ampliando em 224% a rede cicloviária na cidade. Dessa forma, a cidade, que tinha apenas 68,2 km de rede cicloviária ao final de 2012, hoje conta com os atuais 221,4 km de infraestrutura cicloviária, sendo 101,5 km de ciclovias, 115,8 km de ciclofaixas, 4 km de ciclorrotas e 0,1 km de passeio compartilhado. Os trabalhos são coordenados pela SCSP, por meio do PAITT, em parceria com a AMC, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf) e as Regionais.

Mapa da Malha Cicloviária existente: bit.do/mapaPMF
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.