terça-feira, 18 de julho de 2017

22 e 23 de julho - Espetáculo infantil 'A Pulga do Arquiteto' viaja pelo Renascimento com enredo criativo



Indicado ao Prêmio FEMSA de Teatro Infantil e Jovem 2012, o espetáculo faz curta temporada na CAIXA Cultural Fortaleza nos dias 22 e 23 de julho


A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, nos dias 22 e 23 de julho de 2017, o espetáculo infantil A pulga do Arquiteto, da Companhia Linhas Aéreas. Com direção de Débora Dubois, o espetáculo, que tem como tema o Renascimento, promete mostrar como é divertido poder mudar o mundo.

Para a fundadora da Cia. e criadora do espetáculo, Ziza Brisola, “A Pulga do Arquiteto tem uma empatia grande, que funciona tanto para diferentes públicos, quanto idades, por conta de toda parte física e lúdica com forte apelo visual, apresentando cenas em movimento, que é a principal pesquisa de linguagem da companhia”. A peça usa os elementos de circo e dança para ajudar a contar a história de uma outra maneira, no qual o corpo também é o contador.

Por acreditar que o Renascimento é um período fundamental da constituição de nossa cultura, a montagem o homenageia e propõe que seja mais discutido e dividido com todos. “Escolhemos esse período histórico porque, além de sermos fascinados por ele, é uma fonte quase inesgotável de referências visuais e de arte para, assim, instigar idéias e discussões que podem - e devem - sair da sala de teatro e continuar depois, em casa, com os amigos e, principalmente, na escola”, completa Ziza.

Para esse espetáculo, foram usadas referências inspiradas na vida e obra reais do arquiteto Filippo Brunelleschi, que viveu em Florença, na Itália, entre 1377 e 1446.Suas criações e pesquisas feitas para projetar e realizar a construção do Domo da Catedral Santa Maria del Fiori, um marco do início do Renascimento.

Sinopse
A Pulga do Arquiteto conta as peripécias de um menino e uma pulga, numa divertida noite de brincadeiras dentro de um quarto. Pippo, o menino, é muito estudioso e quer ser um inventor; a Pulga aparece quando ele está estudando história e descobre que foram muito duros os tempos no final da Idade Média, quando boa parte da Europa foi destruída pela peste negra – que é transmitida justamente pelas pulgas.

Só que esta Pulga não está querendo destruir nada, muito pelo contrário, está procurando alguém para bolar uma casa para ela. O menino – inspirado pelos estudos sobre o italiano Filippo Brunnelleschi e suas invenções que marcaram o início do Renascimento – assume o papel de arquiteto e sai com a Pulga em direção a Roma, onde as grandes construções  ainda guardam os segredos do Antigo Mundo. Claro que não será fácil chegar lá, e eles precisarão elaborar e realizar muitos projetos para transpor os obstáculos desta jornada que faz alusão a várias passagens do Renascimento, como as Grandes Navegações, a invenção do Veículo Anfíbio e a descoberta da Perspectiva, entre outros.

No final, Pippo e a Pulga descobrirão que tudo é possível se acreditarmos e tivermos a coragem para superar as dificuldades. A Pulga do Arquiteto mostra, antes de mais nada, como é gostoso poder mudar o mundo. Principalmente para melhor. Principalmente se não for sozinho.

Palestra
Além das apresentações, as atrizes Ziza Brisola e Isabela Graeff vão dar uma palestra gratuita no sábado, 22, às 9h. Durante a conversa, irão abordar os temas tanto a partir da pesquisa histórica da peça, como a partir da pesquisa cênica do grupo. Para participar, basta enviar um e-mail para cialinhasaereas@gmail.com, entre os dias 4 e 17 de julho. Os selecionados serão informados por e-mail até o dia 18/07.  

Cia Linhas Aéreas: A Companhia Linhas Aéreas foi fundada em 1998 e tem como pesquisa, o diálogo entre diferentes discursos artísticos ligados ao movimento expressivo e ao uso do corpo e da imagem como narrativa. Cenicamente, trabalha a junção das linguagens do teatro, do circo e da dança nos mais diferentes graus e contextos.

Nesse período, o grupo já criou e produziu treze espetáculos e recebeu prêmios importantes como Shell de Teatro, Petrobrás Cultural, Fomento ao Teatro, ProAC, Myriam Muniz/Funarte e Fomento à Dança, entre outros.

Entre suas criações, destacam-se os espetáculos Pequeno Sonho em Vermelho (2003), aprovado no Programa Petrobrás de Artes Cênicas, com direção de Francisco Medeiros e Lucienne Guedes e indicado a quatro prêmios shell; Plano B (2000), dirigido por Beth Lopes, premiado no IV Festival de Teatro Físico-Visual da Cultura Inglesa e participou do Fringe Festival de Edimburgo; e Aqui Ninguém é Inocente, direção de Maurício Paroni, resultado do projeto Voltaire de Souza – o intelectual periférico, contemplado pelo Programa Municipal de Fomento ao Teatro.

Ficha técnica
Direção:
Débora Dubois/ Dramaturgia: Paulo Rogério Lopes/ Cenografia e figurinos: Renato Bolelli Rebouças/ Desenho de luz: Mirella Brandi/ Trilha Sonora: Aline Meyer/ Vídeo: Jonas Golfeto/ Intérpretes-criadoras: Ziza Brisola e Isabela Graeff/ Produção Executiva: Hamilton Feltrin

Serviço:
Teatro: A Pulga do Arquiteto
Local: CAIXA Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema
Data: 22 e 23 de julho de 2017
Horários: sábado, às 15h e 18h | domingo, às 15h
Duração: 50 minutos
Ingressos: R$10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia)
Classificação indicativa:
Livre
Vendas 2h antes de cada espetáculo
Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Serviço de manobrista gratuito no local
Palestra
Data: 22 de julho de 2017
Horário:
9h
Inscrições:
Pelo e-mail cialinhasaereas@gmail.com, entre os dias 4 e 17 de julho
Mediante lotação do espaço

Informações gerais | Bilheteria da CAIXA Cultural Fortaleza: (85) 3453-2770
Enviar

Deixe seu comentário: