sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Agenda - A poética das DANÇAS POPULARES em apresentações GRATUITAS na Caixa Cultural Fortaleza

Com acesso gratuito, as apresentações são parte do I Seminário Estudos sobre Dança - Poéticas Populares e Experiências Corporais.

Mestre Zé Pio, do Boi Ceará. Foto: Monalisa Viana


A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, de 29 de agosto a 1º de setembro de 2017, o I Seminário Estudos sobre Dança - Poéticas Populares e Experiências Corporais, que reúne pesquisadores e artistas. As oficinas e mesas são para participantes já inscritos, mas nos quatro dias, às 17h, acontecem apresentações abertas ao público, com entrada gratuita.

O seminário visa promover um momento de reflexões teóricas e metodológicas que abordem as danças populares como objeto de pesquisa. Dessa forma, ele abre espaço para que artistas e mestres da cultura possam expressar suas formas poéticas de significar o mundo, ao mesmo tempo em que o público possa vivenciar essas danças.  A realização é da Monstra Produção Cultural, com organização do Laboratório de Estudos e Pesquisas em História e Culturas – DÍCTIS e o Grupo de Trabalho de História Cultural da Associação Nacional de História – Secção Ceará.

As atrações

Tambor de Crioula Filhos do Sol: É uma dança afrodescendente da cultura maranhense, praticada em louvor a São Benedito, considerado padroeiro dos brincantes da manifestação cultural. Neste contexto, um grupo de amigas e amigos se reuniu para o aprendizado da dança e formou o Coletivo Tambor de Crioula Filhos do Sol, batizado há seis anos. Desde então, o grupo vem se apresentando e realizando oficinas pelo Ceará.

Coco de Balbino: A dança do Coco é uma dança de origem afro-indígena que pode ser encontrada no sertão e no litoral cearense. O grupo de Coco de Balbino foi criado por volta de 1930-1940 por meio do Mestre Luís Coqueiro e do Mestre Nel Chagas, atualmente o grupo possui uma nova formação, inserindo jovens da comunidade que apresentam a cultura do pescador e dos povos do mar, levando muita poesia por onde passam.

Boi Ceará: Grupo fundado em 1943, pelo Mestre Assis, no Carlito Pamplona. Após alguns anos de atividades paralisadas, Mestre Zé Pio obteve da esposa do falecido Mestre Assis a autorização para levar à frente o Boi Ceará, enquanto representante legítimo capaz de manter viva a tradição desse famoso grupo. O bumba-meu-boi conta com 35 brincantes, entre eles estão presentes: Boi, Burrinha, Jaraguá, Ema, Bodinho, Vaqueiro, Vaqueirinho, Capitão, Rei, Rainha, Princesa, Vassalo, Baliza, Índios e Índias, Cordões Azul e Vermelho e a figura hilária do Mateus. Entre os ritmos musicais executados durante a brincadeira estão: valsa, xote, samba, marcha e ciranda.

Grupo de Dança CUCA Mondubim: Criado em 2016, surgiu de uma demanda interessada em dar continuidade ao processo desenvolvido no Curso Dança Urbana/Formação de Grupo. Atualmente o grupo reúne 25 integrantes, sob a direção do professor e coreógrafo Luís Alexandre e da coordenadora de formação da Rede Cuca, Zoraia Nunes. O Grupo de Dança Cuca Mondubim tem por finalidade integrar jovens com interesse e aptidão em dança, para construir e desenvolver pesquisas e trabalhos coreográficos, assim como representar e dar visibilidade às ações de incentivo à juventude proporcionadas pela Rede CUCA.

Programação aberta ao público:

29 de agosto de 2017 (terça-feira)
17h – “Café com Dança”: Apresentação do Tambor de Crioula Filhos do Sol.

30 de agosto de 2017 (quarta-feira)
17h – “Café com Dança”: Apresentação do Grupo de Dança do Coco de Balbino.

31 de agosto de 2017 (quinta-feira)
17h – “Café com Dança”: Apresentação do Bumba Meu Boi Ceará.

1º de setembro de 2017 (sexta-feira)
17h – “Café com Dança”: Apresentação do Grupo de Dança CUCA Mondubim.

Serviço:
Vivência: I Seminário Estudos sobre Dança: Poéticas Populares e Experiências Corporais
Local: CAIXA Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema
Data: 29 de agosto a 1o de setembro de 2017
Horário: Apresentações às 17h
Classificação indicativa: Livre
Entrada gratuita

Informações gerais | Bilheteria CAIXA Cultural Fortaleza: (85) 3453-2770
Enviar

Deixe seu comentário: