quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Mídia cearense. O Caderno Estado Verde deixa de ser publicado e o jornalismo ambiental fica órfão no Ceará




Mais uma triste e lamentável notícia para o jornalismo ambiental no estado do Ceará. Após 10 anos de sua existência, o Caderno O Estado Verde (OeV), de notícias de meio ambiente e sustentabilidade, finalizou suas atividades neste mês de dezembro. O suplemento foi idealizado e coordenado pela gestora ambiental e editora Tarcília Rego, profissional experiente e engajada no cenário ambiental do Estado, bem como no debate de questões afins repercutidas no mundo.

O OeV proporcionava visibilidade às demandas ambientais cearenses, consequentemente destacando e valorizando o estado do Ceará e o jornalismo ambiental cearense. Mas muitos podem se questionar sobre o que tudo isso significa. Simplesmente a inserção histórica do Ceará diante dos fenômenos e debates ocorridos em diversos segmentos. Explico. A temática ambiental existe concomitantemente aos aspectos que envolvem o crescimento populacional e suas consequências. Resumindo, as áreas de economia, política, cidades, saúde, cultura, esportes, dentre outras, estão diretamente associadas à temática ambiental. Desta forma, fica implícita a importância de iniciativas públicas e privadas em patrocinar suplementos como o OeV. 

Ainda sobre o caderno, vale destacar que, neste ano de 2017 tive a honra e o prazer de firmar parceria com a editoria, repercutindo a Coluna Eco News no projeto. Durante minha curta empreitada, a editora Tarcília Rego abriu mais um leque de oportunidade para a Eco News.

À Tarcília Rego, nossas congratulações pelo brilhante empenho frente à vertente do jornalismo ambiental no Ceará, através do OeV.    

Fonte: Blog Econews da amiga jornalista Ana Luzia Brito 

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.