Empresários da Indústria de Águas Minerais criam associação no Ceará

A Associação Brasileira da Indústria de Águas Minerais (Abinam) inaugura nesta quinta-feira (08), às 19h, na FIEC, sua sucursal no Ceará. A solenidade de abertura contará com a presença do presidente da Abinam Brasil, Carlos Alberto Lancia, além de empresários e autoridades municipais, estaduais e federais, assim como representantes da ANVISA e AGEFIS e do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).
Para o superintendente da Abinam/CE, Lucas Ferianci, a criação da sucursal no estado acontece por uma necessidade do setor, que vive um cenário de crescimento e destaque econômico. “Nosso objetivo é fortalecer ainda mais o segmento de água mineral, estimulando a geração de empregos, aquecendo a economia e trabalhando forte para garantir que os consumidores do Ceará tenham cada vez mais acesso à águas minerais, seguras e de qualidade”, declara.
O evento será voltado para as empresas de extração, engarrafamento e distribuição de águas minerais.
ABINAM/CE
A ABINAM/CE é uma sucursal da Associação Brasileira da Indústria de Águas Minerais (ABINAM), entidade sem fins lucrativos, criada para congregar e defender os interesses do setor.
Participam da entidade as empresas de extração, engarrafamento e distribuição de águas minerais.
Cenário
O surgimento da ABINAM/CE se dá em meio ao aquecimento e crescimento do setor de água mineral, que gera hoje entre 2.500 e 3 mil empregos diretos e aproximadamente 10 mil indiretos no Ceará.  
No cenário nacional, o segmento também vive um bom momento. A indústria de águas no País movimenta em torno de R$ 5 bilhões por ano e apresentou crescimento agregado (CAGR) de 8,2% aa nos últimos dez anos.
Selo Fiscal
As empresas do segmento utilizam um Selo Fiscal, que auxilia o Governo na tributação de impostos. Após o uso desse selo, a arrecadação do setor para o Estado aumentou aproximadamente 600%.  
SERVIÇO
Lançamento Abinam-CE
Data: 8 de Fevereiro
Horário: 19h
Local: Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC)


Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.