Morada Nova recebe 22ª edição da campanha Ceará sem Drogas

Assembleia Legislativa do Ceará realizou a 22ª edição da campanha Ceará sem Drogas na manhã desta quinta-feira (01/03), no município de Morada Nova (Vale do Jaguaribe), a 163 km de Fortaleza. Cerca de 2.500 pessoas compareceram ao encontro, realizado no Ginásio de Esportes Doutor Jorge Luiz Chagas Mana, no centro da cidade.
O presidente da AL, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), comemorou a repercussão da campanha no Estado. “Hoje nós somos solicitados por universidades, prefeituras e sindicatos para que aconteça a palestra. Isso é a interação entre o Casagrande e os cearenses”, informou o parlamentar.
Durante o encontro, o palestrante da Campanha Ceará sem Drogas, o ex-jogador de futebol e comentarista Walter Casagrande, compartilhou com os presentes sua experiência com entorpecentes. Para ele, é um orgulho ministrar palestras sobre o combate às drogas. “O caminho é prevenção e esclarecimento. As pessoas precisam ser esclarecidas sobre o assunto, saber o que significa, o que pode causar. Após a absorção do conhecimento, a prevenção fica mais fácil. Sou uma pessoa que sofreu muito com a droga, sou uma pessoa comum, como todas as outras”, lembrou Casagrande.
O presidente Zezinho Albuquerque ressaltou a importância da contribuição de Casagrande para a campanha Ceará sem Drogas. “Ele faz as palestras para que as pessoas com tendência ou curiosidade de se tornarem dependentes químicos desistam. Nós estamos fazendo com que a juventude tenha uma nova esperança".
O prefeito de Morada Nova, Wanderley Nogueira, celebrou a visita do Ceará sem Drogas ao município. “É um momento interessante para a cidade. O município de Morada Nova ficou muitos anos fora do cenário estadual, e nada melhor que esse evento para trazer um momento de reflexão e prevenção às drogas. O município tem identificado as famílias com maior vulnerabilidade, e temos apoiado na medida do possível”, pontuou.
Para o primeiro secretário da Casa, deputado Audic Mota (MDB), o "melhor caminho é procurar a saída através da família e da orientação psicossocial”. O deputado Leonardo Pinheiro (PP) relacionou as drogas à violência. "Um dos maiores fatores que têm desencadeado a crise da segurança pública e têm afetado todo o Brasil, sem dúvida, é a droga", pontuou Pinheiro. Já o deputado Antônio Granja (PDT) destacou o papel dos municípios que recebem a campanha em dar continuidade ao debate sobre combate às drogas.
A secretária Especial de Políticas sobre Drogas do Governo do Estado, Aline Bezerra, falou do trabalho da pasta voltado para pessoas que desejam receber tratamento, a fim de que larguem a dependência. “A Secretaria possui atualmente 532 vagas de acolhimento para dependentes químicos em comunidades terapêuticas".
Estudante do 9º ano do ensino fundamental da escola Luiz João de Souza, em Morada Nova, Láisa Cavalcante disse que o combate às drogas já foi discutido em sala de aula. "Já assistimos a algumas palestras na escola com um enfermeiro. Ele estava conscientizando nas escolas do Interior, onde existe uma maior vulnerabilidade. A palestra (de Walter Casagrande) foi esclarecedora para nos conscientizar a não cair nesse mundo, que desestrutura a família e a educação".
Maxwell Scarano, aluno de curso técnico do Instituto Educar Portal de Morada Nova, também elogiou a iniciativa da Assembleia Legislativa. "Vejo com bons olhos, porque o Casagrande tem propriedade para falar no assunto, porque ele viveu esses problemas", elogiou.

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.