MPCE e CGD deflagram Operação Mecenas

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio do Núcleo de Investigação Criminal (NUINC), do Programa de Apoio ao Sistema Prisional (PROASP) e das Promotorias de Justiça de Itaitinga e Corregedoria dos Presídios, e a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) deflagraram, na manhã desta quinta-feira (01/03), a Operação Mecenas. A ação cumpriu mandado de busca e apreensão na Cepis (antiga CPPL 5), com o apoio do Batalhão de Choque da Polícia Militar. O mandado foi expedido pelo juiz de Itaitinga, Cristiano Silva Sibaldo de Assunção. 

A Operação Mecenas apura eventuais denúncias de corrupção dentro do sistema penitenciário. A ação de hoje resultou na apreensão de drogas (450g de maconha e 220g de crack), além de aparelhos celulares, documentos e medicamentos de uso controlado com efeito psicotrópico. O mandado cumpriu também o afastamento de cargo público do agente penitenciário Antônio Braga de Lima. “Agora, vamos apreciar todos os documentos apreendidos e dar continuidade ao procedimento para apurar as denúncias de corrupção”, destaca o promotor de Justiça Nelson Gesteira, da equipe do NUINC.

A investigação conjunta do MPCE e CGD, bem como a operação de hoje, são decorrentes do Termo de Cooperação Técnica assinado entre as duas instituições em dezembro do ano passado. 

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.