segunda-feira, 23 de abril de 2018

Ilya é um dos destaques da programação do Maloca Dragão 2018

Cantora cearense apresenta, em primeira mão, o single e o clipe da música “Se eu Saio e Você Dança”. Além disso, a artista dá início ao financiamento coletivo para o lançamento do seu primeiro disco

A cantora cearense Ilya é uma das atrações confirmadas para o Maloca Dragão deste ano, que acontece de 24 a 29 de abril de 2018. O show, que vai ter a participação especial de Vitor Colares, acontece no dia 28/04, às 21h, na Praça Verde, abrindo para a banda paulista Francisco El Hombre. A artista estará acompanhada pelo trio formado por Beto Gibbs (bateria), Cláudio Mendes (violão) e Rian Batista (baixo).

Nome que vem se destacando na cena musical independente, Ilya vai apresentar ao público o novo single “Se eu Saio e Você Dança”. Essa música, que foi gravada durante a sua participação no Porto Dragão Sessions, contou com a produção de Yury Kalil, integrante da banda Cidadão Instigado e que também está produzindo os cantores Jonnata Doll e Lorena Nunes neste projeto realizado pelo Dragão do Mar.

“Se eu Saio e Você Dança” também ganhará um clipe, que será lançado também no Maloca Dragão deste ano. A direção é da própria Ilya, com edição de Isadora Stevani, captação de Jamille Queiroz, que também foi responsável pelas intervenções de bordados junto com a Laubordando. A canção foi um “presente” da paulista Maria Ó, cantora e compositora que possui forte ligação com Fortaleza, especialmente para Ilya. “Nos conhecemos em uma vinda dela para Fortaleza e, a partir daí, brotou uma linda amizade e muita parceria. Essa música fala de fluxos e relações, mudanças, encontros e lembranças. É uma forma de mostrar que a vida segue, envolta a uma melancolia que baila”, explica a cantora.

Além de “Se eu Saio e Você Dança”, Yury Kalil também produziu mais dois singles da Ilya para o Porto Dragão Sessions: “Balneabilidade Livre”, composição de Daniel Medina, Canções de Mar, canção composta por José Rodrigues e que já foi lançada anteriormente, mas que, agora, vai ganhar uma versão ao vivo. Essas três músicas também estarão no primeiro CD da artista, Doces Náufragos, cujo financiamento coletivo para a sua finalização será lançado no Maloca Dragão 2018.    

Olhar náufrago

Ilya contempla, neste trabalho, uma cena contemporânea de compositores como forma de reafirmar uma identidade polifônica em seu fazer artístico, reverenciando, entre outras proposições, o coco e a batida cadente do maracatu cearense. O repertório do seu primeiro CD traz canções que se aprofundam em uma sensibilidade da poética possível de um olhar náufrago, a deriva e aberto, um olhar que não teme o profundo.

“Doces Náufragos é justamente essa história de morrer e nascer de novo. É a possibilidade de amar, de ver o amor e se permitir perceber em cada estágio desse levante”, diz. 

O CD, que vai contar com a produção musical de Daniel Groove e Cláudio Mendes, revela ainda os anseios e vontades de expressão a partir do encontro de sua arte com parceiros de estrada e de vida. Doces Náufragos apresenta, por exemplo, músicas inéditas de compositores que se empenharam e propuseram a construir este trabalho junto da artista, com destaque para Daniel Groove e José Rodrigues (PE/CE), além de Daniel Medina e Maria Ó. O trabalho também traz canções de sua própria autoria e participações especiais de Soledad (CE), Fernando Catatau (CE) e Vitor Colares (CE).

Quem quiser contribuir para o financiamento coletivo pode acessar o site http://catarse.me/ilya  a partir do dia 27 de abril. O disco “Doces Náufragos” vai sair pelo selo Klaus Haus Studio.   

Arte plural

Jovem e inquieta, Ilya já chegou a trabalhar na área de turismo, é formada em teatro e moda, com pós-graduação em desenho e pintura em tela. No entanto, para a cantora, o ser artista e vai “além dos títulos de formação e canudos”.  Começou cantando em bares, mas, ao se interessar pelos festivais que aconteciam e acontecem na cidade, decidiu que era o momento de dar um passo adiante.

Fundou, por exemplo, o Mantra Coité, duo eletrônico em que as bases se aliam aos improvisos e/ou às adaptações de músicas de domínio público, como cantigas e cocos. Ilya também faz parte do grupo Tripulantes da Sabiabarca, trio de piano (Hardy), bateria (Diego Ramires) e vozes, ela e eles, que faz música autoral por um viés bem virtuoso, saturado de timbres, acordes e nuances. Em 2018, subiu ao palco do tradicional bloco de Carnaval As Gata Pira. E, paralelamente a todos esses projetos, ela se lança com seu nome de batismo.

“Experimento a música na forma mais plural, me abastecendo sempre da cultura popular brasileira, em meio a tudo que me interessa pelo mundo. Gosto de produzir no coletivo, vou buscando minha individualidade dentro disso tudo e sou muito feliz no palco”, finaliza.

SERVIÇO:
Maloca Dragão - Ilya
Dia: 28/04
Horário: 21h
Local: Praça Verde – Dragão do Mar
Grátis

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.