Inovação - Dados comprovam que o empreendedorismo será responsável pela retomada de fôlego da economia

ados da Sondagem Conjuntural do Sebrae aponta que 52% dos empresários acreditam que o faturamento tende a melhorar no próximo ano

O crescimento no número de empreendedores no país mostra que a abertura e investimento em pequenas empresas pode ser uma das alternativas para o brasileiro se ocupar nesse momento de fraqueza do mercado de trabalho.

Só no primeiro bimestre deste ano, as pequenas e médias empresas geraram mais de 142,9 mil postos de trabalho, um número 32% superior do que o mesmo período do ano passado. Segundo dados do Sebrae o setor de serviços lidera no quesito com 46 mil vagas abertas, seguida pelos negócios ligados à educação, com 24 mil novos trabalhadores com carteira assinada.

Já a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua – PNDA –, divulgada recentemente pelo IBGE, mostra que houve um crescimento no número de trabalhadores por conta própria. No último trimestre – encerrado em fevereiro deste ano – houve um aumento de 977 mil trabalhadores nesta condição.

Para quem ainda não conseguiu um emprego de carteira assinada e deseja empreender, mas tem medo de arriscar uma ótima saída é investir no setor de franchising. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising – ABF –, o setor de franquias cresceu 8% no último ano, apresentando um faturamento de mais de R$163 milhões.
Lucilaine Lima, fundadora e diretora pedagógica do Instituto Gourmet, acredita que a crise desperta o lado empreendedor do brasileiro. “Existe muitas oportunidades na crise. É importante entender que fazer algo ou não fazer durante um tempo vai ser a mesma coisa, pois esse tempo vai passar de qualquer forma, a diferença é que fazendo você terá o que colher depois”, aconselha a empresária.

Hoje o Instituto Gourmet possui 30 unidades, já faturou mais de R$ 5 milhões e é considerada a maior rede franquia do setor de cursos gastronômicos, isso porque ele está presente nos setores que mais crescem no país: educação, gastronomia e franquias. “Essas áreas estão em constante crescimento e expansão devido a sua capacidade de abrir campos de diversas formas, é gigantesca a abrangência, só penso em investir cada vez mais na qualidade e no crescimento do setor.”, comenta Lucilaine.

A ex-professora de biologia aconselha quem deseja entrar no mundo dos negócios ainda esse ano. “Ter gestão é primordial, você deve saber para onde está seguindo, o que deseja, onde quer chegar, não dá pra ser de qualquer jeito, planejamento e organização é fundamental. Outro ponto importante é a paixão, sem ela não gira a roda, a engrenagem falha, não dá pra fazer se não amar, chorar e sofrer por tudo que acontece, é um misto de emoções, mas quando o resultado vem você sente que valeu a pena, porque a sensação é boa demais, tem que ser com amor, sempre.”, finaliza.

Sobre o Instituto Gourmet
O Instituto Gourmet é a maior rede de franquias especializadas em cursos profissionalizantes na área da gastronomia. Criado para os amantes da culinária, o instituto oferece opções de cursos de curta ou longa duração, com flexibilidade nos horários e foco na interação do aluno. Em 2016, a empresa atingiu faturamento de um 1,4 mil e em 2017 ingressou no franchising e já conta com 30 unidades, para esse ano a expectativa é de crescimento em 200%.

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.