Pular para o conteúdo principal

Em primeira mão - Jornalismo dos veículos de comunicação do Sistema Verdes Mares será integrado em uma redação central


As mudanças do Sistema Verdes Mares de Comunicação como o enxugamento de pessoal, reestruturação de programação e infraestrutura do jornal Diário do Nordeste, portais, rádios e tevês, depois do início de um consultoria internacional britânica, alicerçaram o grande projeto que está por vir antes da Copa do Mundo começar na Rússia.

A exemplo da BBC e da CNN, todas as redações dos veículos do Sistema Verdes Mares vão conviver diariamente no mesmo espaço. O espaço está sendo construído no andar acima onde funciona hoje as redações da TV Diário, Diário do Nordeste, Rádio Verdes Mares AM e FM 93. Isso no prédio do Diário do Nordeste.

Agora todos esses veícilos incluindo a TV Verdes Mares e o Portal G1 estarão juntos e integrados em uma grande central de redação. Uma iniciativa inédita no Nordeste e mais aprimorada do que aconteceu com veículos de comunicação em Recife. Será a integração de fato.

Por isso, que as entradas de acesso de funcionários e visitantes aos veículos estão sendo fechadas como a da rádio Verdes Mares pela Desembargador Moreira e depois TV Verdes Mares e TV Diário. Somente haverá uma entrada pelo prédio do Diário do Nordeste. As obras estão em andamento.

Dai você me pergunta: e o espaço da moderna redação da TV Verdes Mares? O que vão fazer? Naquele espaço do prédio serão integradas todas as linhas de programas de shows das emissoras de TV, rádio, portais e jornal. Bem como a administração e setor comercial.

Na nova redação, estão sendo construídos estúdios integrados para TV Diário e TV Verdes Mares. 

As informações foram confirmadas por fontes e são extraoficiais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…