sexta-feira, 22 de junho de 2018

Bailarinos e músicos se apresentam no Boulevard do Arco na próxima terça-feira


Na próxima terça-feira (26), as bailarinas e os instrumentistas integrantes das turmas do Sesc em Sobral se apresentam no Boulevard do Arco, às 19h. O corpo de baile é formado por bailarinas de 8 a 15 anos, que fazem parte da turma de Ballet do Sesc. Durante o semestre, as alunas mergulharam em uma pesquisa histórica sobre a ditadura militar e desenvolveram a coreografia com orientação da professora Dayane Rodrigues.

 A apresentação transporta o público para o período de repressão vivido no país entre os anos de 1964 e 1985 e homenageia artistas músicos e artistas que lutaram contra o regime militar. As músicas “Pra Não Dizer que Não Falei das Flores”, de Geraldo Vandré; “Cálice”, do cantor e compositor Chico Buarque, “BR3”, cantada por Tony tornado; “A Palo Seco”, de Belchior, “Que as Crianças Cantem Livres”, de Taiguara e “Alegria, Alegria” de Caetano Veloso são a trilha sonora do espetáculo de dança organizado pelo Sesc.

Os alunos instrumentistas do curso de música do Sesc tocam logo em seguida no Boulevard do Arco. Violonistas, flautistas e todo o conjunto musical mostram o repertório de música popular brasileira, ensaiado pelo professor Antonio Carlos Moreira. As músicas Asa Branca (Luis Gonzaga, Humberto Teixeira); A Banda (Chico Buarque); Disparada (Geraldo Wandré) e O Bêbado e o Equilibrista, (João Bosco e Aldir Blanc) em versão instrumental serão apresentadas pelos alunos do Sesc.

Novas turmas
As turmas de ballet do Sesc, instituição que integra o Sistema Fecomércio-CE, em Sobral estão com inscrições abertas para o segundo semestre de 2018. Crianças a partir de 3 anos e adolescentes de todas idades podem participar da seleção. As mensalidades são a partir de R$ 39,30. Para ter acesso basta possuir o Cartão Sesc atualizado e realizar inscrição no setor de Relacionamento com Clientes da Unidade.

Sobre os 70 anos do Sistema Fecomércio
Após o período da Segunda Guerra o Brasil passou por grandes desafios. O Estado não conseguia atender a crescente demanda por serviços sociais, nem acompanhar o novo contexto do mercado de trabalho. Deste modo, em maio de 1945, representantes empresariais da indústria, comércio e agricultura, realizam em Teresópolis, a primeira Conferência das Classes Produtoras (CONCLAP). Nesse encontro elaboram uma proposta ousada de custeio dos serviços sociais e da educação profissional para os trabalhadores com recursos das classes patronais. A Carta da Paz Social foi o documento que formalizou as diretrizes para o desenvolvimento econômico com justiça social. Nascia assim, a partir da iniciativa do empresariado, o Sistema S, o maior Sistema de desenvolvimento social do mundo.
 No Ceará, em 16 de março de 1948, o empresário Clóvis Arrais Maia fundou a Federação do Comércio com a finalidade de unir lideranças do setor para colaborarem com a educação profissional e a qualidade de vida dos trabalhadores. No mesmo ano, a Fecomércio implanta o Sesc e o Senac instituições mantidas pelos empresários do comércio que ofertam serviços sociais e educam para o comércio de bens, serviços e turismo.

Serviço:
Apresentações turmas Ballet e Música do Sesc em Sobral
Local: (Av. Doutor Guarani, 1100 – Centro)
Horário: A partir das 19h
Informações: (88) 3611.0954
Acesso gratuito


*Instituição mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo.

Facebook: /sescceara
Twitter: @sesc_ce
Instagram: sescce

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.