#audioinclui

sexta-feira, 22 de março de 2019

Especial - Natura esclarece para o Blog possível aquisição da Avon


O site Infomoney informou na tarde desta sexta-feira(22/3) que a Avon disparou na bolsa com possível aquisição pela Natura.

Ainda de acordo com o site, com informações do Wall Street Journal, a ação da Avon (AVP) chegou a disparar 8% no pre-market da bolsa de valores de Nova York, agora, às 10h55 (de Brasília), é negociada com alta de 3,9%.

Já a Natura (NATU3) reagiu negativamente. No mesmo horário, via queda de 2,42%. Vale ponderar, porém, que a bolsa brasileira vê movimento geral de baixa: o Ibovespa tem queda de 2,1%.

Os rumores sobre a intenção de compra por parte da empresa brasileira já rondam o mercado há alguns meses. Em setembro do ano passado, notícias neste sentido geraram alta momentânea de 20% para o papel da norte-americana.

Segundo as fontes do jornal, as conversas estão em estágio inicial – não há certeza sobre o acordo. Eles dizem que existe a possibilidade de a Natura comprar as operações da Avon na América do Norte, que fazem parte de uma empresa separada e privada, bem como Avon Products, geral, de capital aberto.

Faz três anos que as operações da Avon foram separadas em duas. Agora, 80% das operações nos EUA e Canadá pertencem à Cerberus Capital Management.

O motivo principal foi a tentativa de fortalecer a operação internacional em meio a uma grave crise – foram anos com quedas nas receitas. No último trimestre, a receita veio abaixo das expectativas do mercado, números que geraram queda de 19% após a publicação do balanço.

O Blog Ceará é Notícia recebeu uma nota da Natura esclarecendo a notícia do Infomoney:

A Natura &Co confirma que vem mantendo discussões com a Avon Products, Inc. a respeito de potencial transação envolvendo ambas as companhias. A Natura não pretende fazer comentários adicionais neste momento, porém comunicará ao mercado quando apropriado. A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral atualizados sobre quaisquer novas informações relevantes.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.