#audioinclui

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Saúde - Doenças reumáticas afetam a vida de 20 milhões de brasileiros


As doenças reumáticas afetam a vida de 20 milhões de brasileiros. A estimativa é da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR). Atualmente, são mais de 120 tipos de doenças reumáticas conhecidas. Elas compreendem um conjunto de patologias que afetam os ossos, articulações, cartilagens, músculos, tendões e ligamentos.

     Nesse cenário, tem ganhado força os tratamentos por meio das drogas modificadoras do curso da doença (DMCD). Em resumo, os fármacos não respondem pela cura, mas podem proporcionar ao paciente uma vida mais confortável, prologando o tempo em que ele mantém a funcionalidade completa, por exemplo, de algum membro afetado por uma doença reumática. Outros tratamentos indicam o uso de remédios biológicos.

     "As medicações biológicas foram uma revolução no tratamento das doenças reumáticas. São bastante potentes no controle da inflamação e ajudam no que chamamos de remissão das patologias, especialmente a artrite reumatoide e nas espondilite anquilosante", destaca o diretor científico da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), Dr. Eduardo Paiva. Segundo ele, a artrite psoriásica e o lupus eritematoso sistêmico também são tratados com os medicamentos.

     Para fazer uso das medicações biológicas, o especialista indica algumas precauções. "A pessoa não pode ter risco de desenvolver tuberculose, então são feitos exames antes do tratamento. As vacinas também são importantes para que o paciente reduza o risco de infecção, além de uma monitorização pelo reumatologista. Eles são bastante confiáveis e seguros", explica.

     O médico da SBR também esclarece que os medicamentos biológicos, de uns anos para cá, estão mais em conta. “Estamos parecidos em situação com o mundo. No Brasil, existe acesso. Os convênios têm pago esses remédios para os pacientes”, disse.


Congresso em Fortaleza

Para falar das doenças reumáticas, da evolução da tecnologia a favor dos pacientes, além dos rumos e avanços na área, Fortaleza receberá o 36º Congresso Brasileiro de Reumatologia – SBR 2019. O evento ocorrerá entre os dias 4 e 7 de setembro no Centro de Eventos do Ceará.

     São esperados cerca de 400 visitantes e palestrantes nacionais e internacionais, promovendo a troca de informações e experiências.  Já estão confirmados especialistas provenientes da Argentina, Canadá, Chile, Estados Unidos, Lituânia, Paraguai, Portugal, Reino Unido e Uruguai.

     “A reumatologia é uma especialidade médica que exige um vasto conhecimento médico, pela sua abrangência, requerendo também nossa interação com outras especialidades que nos cercam. É importante estar em constante evolução, pois a saúde e o bem-estar dos pacientes são nossa prioridade”, afirmou Dr. José Roberto Provenza, presidente da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR).

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.