Pular para o conteúdo principal

Adaptação da obra de Noel Rosa, "A Noiva e o Condutor", faz duas apresentações no Teatro Brasil Tropical


A obra demonstra riqueza, ao falar da história do Brasil, do apogeu do samba e dos costumes​
Inspirado na opereta de Noel Rosa e Arnold Gluckmann, "A Noiva e o Condutor" sobe aos palcos nas férias do Teatro Brasil Tropical para apresentações dias 18 e 25 de janeiro, (sábados) às 20h. ​
A narrativa acompanha Helena, moça que sonha em se casar com um rapaz abastado, e é traída pela paixão quando conhece Joaquim. Embalado pelos clássicos do samba como 'Com que roupa eu vou' e outras canções menos populares, o espetáculo revela um olhar crítico sobre a sociedade da década de 1930 e dá uma nova roupagem à opereta original.​
  ​
No palco, artistas se entregam na energética mistura de cantar, dançar e atuar para divertir a plateia. A Noiva do Condutor é uma revista radiofônica escrita pelo genial sambista Noel Rosa. Mesmo com a morte precoce, Noel criou uma série de inesquecíveis músicas tocadas ao longo dos anos. O Grupo K’Os Coletivo resolveu repaginar o musical escrito em 1935, batizando-o de "A Noiva e o Condutor".​
A obra fala da história do Brasil, do apogeu do samba e dos costumes. Além disso, o musical favorece a pesquisa do samba, gênero tão importante na formação da cultura.​
SERVIÇO
A Noiva e o Condutor​
Data: 18 e 25 de janeiro (Sábado)​
Horário: 20h​
Local: Teatro Brasil Tropical (Av. da Abolição, 2323 - Meireles)
Valores: R$60 inteira / R$30 meia-entrada​
Ingressos: sympla.com.br ou na bilheteria do teatro​
Meia-Entrada: Crianças de 2 a 12 anos, Estudantes, Idosos com 60 anos ou mais, Jovens pertencentes a Família de Baixa Renda, Pessoas com Deficiência, Professores e Profissionais da Rede Pública Municipal de Ensino.​
Duração: Aproximadamente 60 minutos​
Classificação indicativa: LIVRE​
Capacidade: 437 lugares​
Informações: (85) 3254-6705

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…