Pular para o conteúdo principal

Latas promocionais de São João Ypióca está na final do Prêmio Alterosa



Ypióca, a cachaça mais antiga do Brasil, está na final do Prêmio Alterosa 2020, certame que premia, desde 2016, as mais bem elaboradas latas de bebidas no Brasil. Ypióca concorre nas categorias lata de cachaça e conjunto da obra, com as latinhas colecionáveis, lançadas no São João de 2019, para resgatar tradições típicas do período junino.

Cada uma das seis latas de Ypióca São João, que concorrem nesse prêmio, representa um elemento tradicional da festa: fartura, show, fogueira, casório, quadrilha e forró.  “Nós contamos a história do São João por meio dos seus principais elementos e mostramos a riqueza cultural da região Nordeste ara todo O Brasil. Nossas latas ficaram lindas e estamos muito orgulhosos desse trabalho”, destaca a head de Marketing de Ypióca, Carolina Souza.

Na categoria Lata de Cachaça, Ypióca vem forte em sua 2º final, disputando com outros rótulos nacionais. Já na categoria Conjunto da Obra, Ypióca é a única cachaça que concorre ao prêmio, em sua 2ª final consecutiva, ao lado de outras marcas de bebidas. 

As latas que concorrem a esse prêmio foram divididas em 7 categorias: Cervejas, Bebidas Soft (qualquer bebida não cerveja e não alcoólica), Cervejas Artesanais, Bebidas Energéticas, Bebidas Alcoólicas Não Cerveja, Latas de 1 Litro e o Conjunto da Obra (englobando os sets).

As 5 latas mais votadas em cada categoria estão na final, que está com votação aberta ao público em geral em um site próprio do Prêmio Alterosa: www.premioalterosa.com.br, até o dia 27 de fevereiro.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada.Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas