Pular para o conteúdo principal

Grupo Mrh abre inscrição para palestra online sobre gerenciamento de projetos promovida pela FGV



O Grupo Mrh Gestão de Pessoas, conveniada exclusiva da Fundação Getúlio Vargas nas cidades de Fortaleza, Natal e João Pessoa, está com inscrições abertas para os webinars gratuitos promovidos pela FGV. A programação conta com a palestra online que acontece nesta terça (28), às 19 horas, com o PhD em engenharia civil, Ricardo Vargas, que traz como tema o gerenciamento de projetos em um mundo de transformação.
No encontro, o profissional traz a discussão sobre como pensar em gerenciamento de projetos em um mundo em permanente mudanças e crises. Serão abordadas ainda as principais características de uma liderança de projetos efetiva. “Essa iniciativa foi criada para apoiar a rede conveniada da FGV, com a captação de novos leads, principalmente neste período de pandemia” comenta a diretora do Grupo Mrh, Iara Andrade.
Para quem deseja participar, as inscrições são realizadas no endereço: http://mrhgestao.com.br/palestra/webinar-gerenciamento-de-projetos-em-um-mundo-em-transformacao/ . Após a finalização da inscrição, será enviado um link do canal do Youtube da FGV, onde será transmitida a palestra.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…