Pular para o conteúdo principal

Abrasel - No primeiro dia da Fase 1 da retomada, trabalhadores não têm onde almoçar

Sem restaurantes, onde posso comer? -Ensaio sobre a realidade de um trabalhador no dia 08 de junho de 2020
Deu meio-dia e eu, você, e todos os trabalhadores do estado vamos sair para almoçar, mas infelizmente, na empresa onde trabalho, não dá para comer no local. Então me vem à cabeça: onde posso fazer minha sagrada refeição?

Eu, que acordo cedo e fico uma hora espremido em um ônibus, para chegar ao trabalho, não tenho tempo para preparar minha comida e trazer numa quentinha. Além disso tudo, a grana está curta. Não dá para pagar taxa de delivery de aplicativo para entregar no trabalho para eu sair e achar um cantinho para almoçar.

Saio da empresa para buscar onde comer e, lá fora, vejo que a fila da padaria, do supermercado e da lanchonete para pegar a comida e levar está gigantesca! Tenho uma hora para almoçar e não sei o que fazer!

Afinal, vou seguir o conselho dos meus colegas e comprar uma quentinha de um ambulante perto da esquina do trabalho. Se eu tiver sorte vai ter menos gente aglomerada do que ontem e vai sobrar um banquinho de plástico para eu sentar e almoçar na calçada mesmo.

Do outro lado da rua há um restaurante onde sempre almoçava, mas ele está fechado por... Covid? Bom seria se eu pudesse estar sentado lá, num lugar seguro, confortável, comendo uma comida de melhor qualidade. Nem sei de onde vem essa comida do ambulante, se passou pela vigilância sanitária. Mas isso não importa tanto, pois minha minha maior preocupação agora é esse tanto de gente comendo nos banquinhos ao meu lado, bem pertinho de mim mesmo. É muito perrengue para almoçar, mas no fim, tudo isso é melhor do que passar fome, então vai assim mesmo!

Já que os salões de beleza e shoppings estão abertos, será que se o dono do restaurante se organizasse, deixando entrar menos pessoas, colocando máscara e álcool gel na turma, e limpando tudo direitinho, eu não poderia comer lá?

Rodolphe Trindade

Presidente da Abrasel no Ceará

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada.Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas